Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Halep festeja melhor jogo do ano, Azarenka lamenta
05/07/2019 às 20h59

Halep cedeu apenas quatro games no duelo contra Azarenka

Foto: Divulgação

Londres (Inglaterra) - A contundente vitória na terceira rodada de Wimbledon animou bastante Simona Halep para a sequência da competição. Afinal, a romena cedeu apenas quatro games no duelo entre ex-líderes do ranking contra Victoria Azarenka para se garantir nas oitavas de final do Grand Slam londrino.

"Estou muito satisfeita. Acho que foi o meu melhor jogo este ano. Joguei muito bem e estava muito confiante. Fui agressiva durante todo o jogo, mesmo quando estava perdendo por 3/1 no primeiro set", afirmou Halep após a vitória por 6/3 e 6/1 sobre Azarenka nesta sexta-feria.

"Eu esperava uma partida difícil, porque ela é uma grande jogadora e bate muito forte na bola, então eu sabia disso e estava pronta. Estou muito feliz por poder ganhar de uma jogadora como a Vika porque ela é muito boa", acrescentou a atual sétima colocada no ranking mundial.

A romena conta que não mudou seu plano de jogo ou a mentalidade apesar de a rival ter começado melhor. "Eu apenas continuei jogando, lutando por todas as bolas. Eu não pensei no placar. Então comecei a me sentir mais confiante e mais forte na quadra e ela começou a errar um pouco mais".

Halep agora se prepara para enfrentar a promissor norte-americana de 15 anos Cori Gauff, que disputa seu primeiro Grand Slam e faz ótima campanha até as oitavas. "Eu nunca joguei contra ela e ainda não a vi jogar. Sei que ela ganhou da Venus, o que é um bom resultado e chegar tão longe em Wimbledon aos 15 anos é ótimo. Mas eu não sei muito sobre ela".

Superada por Halep nesta sexta-feira, Azarenka tenta entender os motivos para ter uma tarde tão ruim. A bielorrussa cometeu 33 erros não-forçados. "Eu realmente não sei o que aconteceu. Eu comecei me sentindo muito bem, mas depois não conseguia encontrar a quadra".

"Errei jogadas fáceis, e aquelas coisas que você não pode errar contra jogadoras como ela. Quero dizer, você não pode errar essas bolas contra alguém, mas contra as melhores jogadoras do mundo, quando você está a um metro da rede e erra, você não vai ganhar o jogo. Para vir até a Quadra Central e jogar assim é muito decepcionante. Ela continuou sendo muito sólida e eu dei muitos pontos a ela".

Comentários
Faberg
Roland Garros Series