Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Billie Jean e Laver falam de suas carreiras. Veja.
06/07/2019 às 19h11

Londres (Inglaterra) – A Federação Internacional publicou um vídeo com a entrevista exclusiva com duas lendas vivas do tênis mundial, o australiano Rod Laver, o único jogador a conseguir por duas vezes ganhar todos os quatro torneios de Grand Slam no mesmo ano, e a americana Billie Jean King, ex-número 1 do mundo, fundadora da Associação de Tênis Feminino (WTA), 12 títulos de Grand Slam, entre eles seis em Wimbledon. Eles comentaram suas vitoriosas carreiras e o impacto que tiveram no tênis.

King falou do seu desejo de profissionalizar o jogo das mulheres desde que começou a competir. “Você tem de lembrar-se que vim da fase pré-era profissional”, explicou. “Cresci pensando que se você é profissional, significa que é realmente bom, mas que se você é um amador, você não é. Que é um hobby, é legal, mas você não é o melhor.”

Laver, que se tornou profissional depois de ganhar todos os quatro torneios de Grand Slam em 1962, revelou como ele teve de lidar com o fato de que poderia nunca mais disputar um Grand Slam depois que tomasse a decisão de se profissionalizar. “Eu tive de treinar-me a pensar que ia me tornar profissional, que nunca mais iria ver o US Open, Wimbledon, Roland Garros e o Aberto da Austrália”, disse Laver. “Eu aceitei isso. Tinha a chance de ganhar US$ 10 mil em três anos e eu tinha de ganhar isso com o suor do meu rosto.”

A entrevista foi conduzida por Mary Carillo. Os dois lendários tenistas relembraram momentos de suas carreiras, como quando se conheceram e quando dançaram juntos como os campeões de simples no Jantar dos Campeões de 1968.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series