Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Strycova elimina Konta e amplia jejum britânico
09/07/2019 às 13h48

Strycova será a próxima adversária de Serena Williams

Foto: Divulgação

Londres (Inglaterra) - Mais uma vez, o sonho da torcida britânica ver uma campeã da casa em Wimbledon teve que ser adiado. Última anfitriã na disputa, Johanna Konta foi eliminada nas quartas de final. A britânica perdeu para a tcheca Barbora Strycova por 7/6 (7-5) e 6/1 em 1h37 de partida.

A última anfitriã a conquistar o título de simples em simples foi Virginia Wade em 1977, ano do centenário d Grand Slam londrino. Entre os homens, o jejum durou 77 anos entre a última conquista de Fred Perry em 1936 e o primeiro dos dois títulos de Andy Murray em 2013. Murray voltaria a ser campeão em 2016.

Konta também ficou a uma vitória de repetir sua melhor campanha em Wimbledon, que foi a semifinal de 2017. Ex-número 4 do mundo, a britânica de 28 anos está em franca recuperação no circuito na atual temporada. Ela começou o ano no 38º lugar e já aparece no 18º lugar.

Por sua vez, Strycova alcança uma inédita semifinal de Grand Slam. A veterana tcheca de 33 anos tinha como melhor campanha as quartas de final de Wimbledon em 2014. A atual 54ª colocada no ranking tem como melhor marca da carreira o 16º lugar, obtido em janeiro de 2017.

Strycova agora terá a difícil missão de desafiar a heptacampeã Serena Williams. A norte-americana venceu os três duelos anteriores sem perder sets. Dona de 23 títulos de Grand Slam, Serena busca sua 32ª final em torneios deste porte.

A partida das quartas começou com domínio de Konta, que conseguiu uma quebra precoce e para abrir 3/0, chegando a liderar por 4/1. Strycova buscaria o empate apenas no oitavo game e teve mais uma chance de quebra, mas não a aproveitou. O tiebreak também foi muito equilibrado e a Konta esteve muito perto de fechar quando fez 5-4, mas a tcheca foi muito bem à rede para empatar a disputa e contou com dois erros seguidos da britânica com o forehand.

No segundo set, Strycova não enfrentou break points e cedeu apenas sete pontos em seus games de serviço. Já Konta colocou apenas 50% de primeiros serviços em quadra e acabou facilitando ainda mais o serviço da rival. Quando já perdia por 4/1 e claramente sem confiança, a britânica acabou perdendo o saque depois de uma dupla-falta e de um voleio errado. Konta liderou nos winners por 28 a 22, mas cometeu 34 erros contra apenas nove da rival. A tcheca subiu 24 vezes à rede e ganhou 14 pontos.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series