Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Berrettini afirma que Federer lhe deu uma lição
09/07/2019 às 14h10

Londres (Inglaterra) - Matteo Berretinni não conseguiu dar o trabalho que se esperava ao suíço Roger Federer no duelo entre eles pelas oitavas de final de Wimbledon, realizado na última segunda-feira. Ao invés disso, o italiano recebeu uma lição do 20 vezes campeão de Grand Slam, que não lhe deu chances e só permitiu que ele conquistasse cinco games em todo o jogo.

Após a eliminação, o italiano brincou e disse que Federer o acordou do sonho. “É para isso que servem os despertadores. Foi uma partida que será incrivelmente útil para o resto de minha carreira. Ele consegue elevar o seu nível o tempo todo e te massacra mesmo quando você tenta empurrá-lo para trás”, comentou Berrettini em entrevista ao La Stampa.

“Estamos falando de alguém com 351 vitórias só em Grand Slam, algo que eu não tenho nem em toda minha carreira”, acrescentou o atual 20 do mundo, que revelou a breve conversa que teve com Federer no final da partida, junto à rede. “Eele elogiou a minha atual temporada e eu agradeci a lição”, contou o tenista de 23 anos.

Diferente do que fez o suíço, Berrettini não reclamou da lentidão da quadra, mas lamentou seu desempenho. O italiano acredita ter jogado muito aquém do que poderia, muito em função de ter sentido um pouco a pressão de encarar um oponente tão vitorioso como Federer.

“Não tive o meu melhor desempenho no torneio, meu serviço também não ajudou. Estava tenso e seria estranho se não fosse assim, mas tudo isso acaba te deixando sobrecarregado. Foi uma mistura de vários fatores: ter Federer como adversário e estar na Quadra Central. Realmente não conseguia entender direito o que estava acontecendo comigo”, finalizou.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series