Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Ancic: 'Djokovic pode jogar também até os 38 anos'
10/07/2019 às 08h13

Ancic chegou a trabalhar no time de Djokovic durante a disputa de Wimbledon em 2017

Foto: Arquivo

Londres (Inglaterra) - Contemporâneo de Roger Federer e aposentado desde 2010, o croata Mario Ancic acredita que se o suíço segue jogando em algo nível mesmo perto de completar 38 anos de idade, o mesmo pode acontecer com o sérvio Novak Djokovic, que é seis anos mais novo e assim teria mais tempo para poder buscar os recordes de Federer.

“Se Federer está jogando com 38 anos não vejo por que não o mesmo pode acontecer com Djokovic. Fisicamente o vejo muito ágil e rápido, algo que necessita de mais trabalho conforme passa o tempo. Se ele tiver desejo de continuar jogando, acho que pode acabar como Roger”, afirmou o croata de 35 anos em entrevista aos sérvios do Sportklub.

Ancic também destacou ‘Nole’ como seu candidato a vencer Wimbledon nesta temporada. “Estou acompanhando o torneio e acredito que Novak está em uma forma magnífica, muito focado e preparado. Quando está assim, para mim, ele é o principal favorito”, opinou o ex-top 10 e dono de três títulos como profissional, dois deles na grama de s-Hertogenbosch.

O croata também elogiou a parceria do compatriota Goran Ivanisevic com Djokovic durante a disputa do terceiro Grand Slam do ano. “Marian (Vajda) tem muita experiência e está há muito tempo com ele, mas às vezes é importante ter uma nova voz na equipe. Goran é muito profissional, mas também um cara que sabe dosar a seriedade com os momentos de descontração”.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series