Notícias | Dia a dia
Klier sobra na semi e decide em Belém contra mexicano
19/08/2023 às 21h24

Cabeça 2, Gilbert Klier atropelou compatriota e tenta levar título na Assembleia

Foto: João Pires/Fotojump

Belém (PA) - A grande decisão do Ano IV - Brasil Tennis Classic, neste domingo, será entre Brasil e México nas quadras duras da Assembleia Paraense. O brasiliense Gilbert Klier e o mexicano Rodrigo Pacheco Mendez fizeram até aqui campanhas impecáveis e sem sets perdidos e decidirão o rei de Belém, que volta ao circuito ITF após nove temporadas. A competição da série M15 distribui US$ 15 mil (R$ 74,5 mil na cotação atual) e pontos para o ranking da ATP. O Santander é o patrocinador oficial.

Após um ano fora das competição do circuito por uma punição de doping, o brasiliense Gilbert Klier voltou em um ritmo para lá de acelerado. Há um mês, o jogador de 23 anos conquistou o ITF US$ 15 mil de Monastir, na Tunísia. A decisão na capital paraense é a segunda em um total de sete torneios que disputou em seu retorno ao tour.

Neste sábado, Klier, cabeça de chave 2, não teve problemas para derrotar o amigo Mateo Reyes, sexto favorito, por 2 sets a 0, com tranquilos 6/2 e 6/3 em 1h40. O torneio em Belém é muito importante na programação do atual 787º do ranking, pois será um dos últimos eventos do circuito ITF que irá disputar. O objetivo, com um ranking melhor, é se aventurar nos challengers até o final da temporada.

"Estou muito feliz com meu desempenho atual. Há quatro semanas, conquistei um título na Tunísia. Agora, é a minha segunda final consecutiva. Meu nível de tênis está me deixando muito satisfeito, estou conseguindo colocar em prática tudo que vinha treinando. E não tem sensação melhor do que dar certo o que você tenta todos os dias", analisou Klier.

Na decisão deste domingo, a partir das 15h30 (horário de Brasília), Klier vai encarar o jovem Rodrigo Pacheco Mendez, de 18 anos, que não teve dificuldades para superar o chileno Ignacio Antonio Becerra Otarola por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/1, em 1h25.

O atual 823º do ranking também não perdeu sets ao longo da semana em Belém e chega à sua primeira final de um torneio do circuito ITF World Tennis Tour. Mendez, todavia, prevê um grande desafio no duelo contra Klier, contra perdeu o único jogo do retrospecto, em San Luis Potosí, em 2022.

"Estou muito feliz em jogar minha primeira final profissional, e de um evento ITF de US$ 15 mil. Estou muito feliz em estar no Brasil. Amanhã vai ser uma partida muito dura e contra um rival local. Sei que ele terá a torcida a favor, então vou tentar desfrutar e fazer o que for necessário para sair com a vitória", analisou o mexicano.

O Ano IV – Brasil Tennis Classic é apresentado pelo Santander, por meio da Lei Federal de Incentivo ao Esporte do Ministério do Esporte, e conta com o copatrocínio de EMS Farmacêutica, Santos Brasil,  Alupar, Taesa, Azul Linhas Aéreas – Transportadora Oficial, Aberje, Michelob Ultra e INNI Tournament – Bola Oficial.  A competição conta também com o apoio da Assembléia Paraense – Sede da competição -, da Federação Paraense de Tênis e integra o calendário mundial ITF World Tennis Tour. A realização é do Instituto Sports.

Comentários