Notícias | Dia a dia
Colombianos encerram reinado de Mike Bryan
15/07/2019 às 14h15

Miami (EUA) - O primeiro título de Grand Slam dos colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah, que no sábado levantaram a taça de Wimbledon, garantiu a liderança do ranking de duplas aos dois, encerrando o reinado do norte-americano Mike Bryan, que ocupava a posição de número 1 desde a segunda semana de julho do ano passado.

Enquanto os colombianos dividem a primeira colocação, Mike perdeu dois lugares e caiu para o terceiro posto. Quem também perdeu dois lugares foi o polonês Lukasz Kubot, que agora é o número 4 do mundo, logo à frente do parceiro, o mineiro Marcelo Melo, que caiu uma posição é figura como o quinto melhor duplista da atualidade.

O mineiro Bruno Soares se manteve firme na sétima colocação no ranking individual de duplas. Um pouco mais embaixo, o gaúcho Marcelo Demoliner fecha a lista de brasileiros no top 100. Ele ganhou um lugar depois de Wimbledon e assumiu a 52ª colocação, ainda um pouco abaixo da melhor marca da carreira, a 34ª.

Melo e Kubot sobem para 3º na corrida

A corrida para o ATP Finals é liderada também por Farah/Cabal, seguidos de Bob e Mike Bryan, ambas as parcerias mantendo suas colocações. Melo e Kubot ganharam um lugar e agora estão em terceiro. Os quartos colocados são o sul-africano Raven Klaasen e o neozelandês Michael Venus, que subiram quatro posições.

Completam o top 8 dos que se classificam direto para a disputa no final de ano na Arena O2 os alemães Kevin Krawietz e Andreas Mies (5º), campeões de Roland Garros, o holandês Jean-Julien Rojer e o romeno Horia Tecau (6º), o finlandês Henri Kontinen e o australiano John Peers (7º) e os franceses Pierre-Hugues Herbert e Nicolas Mahut.

A recém-formada parceria de Bruno com o croata Mate Pavic sequer figura entre as 100 melhores da temporada e precisará de excelentes resultados nesse segundo semestre para poder sonhar com uma classificação.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis