Notícias | Dia a dia
Vajda: 'Novak pode chegar aos 20 Slam de Federer'
16/07/2019 às 09h39

Londres (Inglaterra) - Treinador de longa data do sérvio Novak Djokovic, o eslovaco Marian Vajda mostrou otimismo em relação ao pupilo. Depois de vê-lo conquistar Wimbledon pela quinta vez, faturando seu 16º título de Grand Slam, o técnico do número 1 do mundo aposta que ‘Nole’ possa buscar o recorde de 20 que pertence ao suíço Roger Federer.

“Acredito que Novak possa chegar aos 20. Agora a diferença está muito menor, apenas em quatro títulos. De qualquer forma, não é algo fácil de se fazer, mas é possível e ele colocou como desafio. Se mantiver a boa forma física e a cabeça no lugar, pode vencer o US Open e diminuir ainda mais a diferença”, falou o treinador em entrevista ao Sportklub.

Vajda também analisou o duelo entre Djokovic e Federer que valeu o título na grama do All England Club, destacando o equilíbrio do começo ao fim da partida. “Esta é uma vitória absolutamente especial, com um final épico. Eram dois grandes campeões um contra o outro e nenhum deles queria perder”, comentou.

Veja também: Djokovic diz que final foi um dos jogos mais exigentes em nível mental

“Foi uma das melhores e mais emocionantes finais, estava totalmente aberta e só foi decidida no 12/12 do quinto set, em uma definição inédita no torneio. Fiquei surpreso por Novak ter vencido os três tibereaks contra Roger, que tem um ótimo serviço e um jogo agressivo”, acrescentou Vajda.

O treinador de Djokovic ainda destacou sua força mental em um jogo no qual precisou salvar dois match-points contra um rival do gabarito de Federer. “Novak conseguiu levar a melhor mesmo tendo enfrentado dois match-points, mostrando como é forte mentalmente nos pontos mais importantes. Federer teve sua chance, mas falhou”, encerrou o eslovaco.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis