Notícias | Dia a dia
Kerber encerra parceria com o técnico Rainer Schuettler
19/07/2019 às 16h00

Kerber ainda não conquistou títulos na temporada e saiu do top 10

Foto: Arquivo

Puszczykowo (Polônia) - Chegou ao fim o ciclo de trabalho entre Angelique Kerber e o treinador alemão Rainer Schuettler, ex-número 5 do mundo. A parceria começou em novembro do ano passado, durante a pré-temporada, e termina após a eliminação da alemã na segunda rodada de Wimbledon.

Kerber ainda não conquistou títulos nesta temporada, embora tenha disputado finais no piso duro de Indian Wells e na grama de Eastbourne. A ex-número 1 do mundo ocupava a vice-liderança do ranking em janeiro, mas aparece atualmente apenas no 13º lugar.

"Nunca é fácil fazer uma mudança e seguir em frente, especialmente quando você trabalha com pessoas excelentes como Rainer. Mas, por enquanto, decidimos que é o momento certo para começar de novo. Ele se tornou um amigo e sou grata por seu trabalho duro e dedicação nos últimos meses", escreveu a jogadora de 31 anos em seu perfil no Twitter.

Antes de atuar em Roland Garros, torneio do qual foi eliminada ainda na estreia, a vencedora de três títulos de Grand Slam havia destacado alguns pontos positivos do trabalho com Schuettler.

"Rainer me entende muito mais porque ele jogou profissionalmente e entende o que é estar sozinho na quadra, sentir a pressão, e como tomar decisões durante o jogo", explicou a canhota alemã. "São pequenos detalhes, em vez de grandes mudanças, porque neste nível você pode mudar 2% ou 3% e isso já faz diferença. É o que estou tentando com Rainer, acrescentar esses 2% ou 3%".

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis