Notícias | Dia a dia
Depois de críticas de Zverev, Lendl pede demissão
25/07/2019 às 20h49

Lendl foi contratado em agosto do ano passado e levou alemão ao título do Finals de Londres

Foto: Arquivo

Hamburgo (Alemanha) - Ivan Lendl não é mais o treinador de Alexander Zverev. Depois de receber pesada crítica pública do tenista dois dias atrás, em entrevista durante o ATP 500 de Hamburgo, o ex-número 1 do mundo anunciou seu desligamento imediato da equipe que orienta o número 5 do ranking.

Vivendo um momento de resultados fracos na carreira, Zverev afirmou aos jornalistas que Lendl deveria se esforçar mais no seu trabalho, ficar mais focado no tênis e não "ficar conversando sobre outras coisas quando estamos treinando".

Lendl sentiu-se ofendido com o fato de Zverev estar questionando o lado ético do seu trabalho. "Acho que minha carreira fala por si só", defendeu-se, lembrando também de seu trabalho de sucesso ao lado de Andy Murray.

"Durante um treino de duas horas, ele passa 90 minutos me contando sobre suas jogos de golfe", disparou Zverev em outro trecho da entrevista. O tcheco naturalizado norte-americano foi contratado em agosto do ano passado, às vésperas do US Open, e participou do título do pupilo no Finals de Londres.

O alemão também foi questionado sobre a demanda judicial que trava com seu ex-agente, o chileno Patricio Apey. "Felizmente, isso está no fim e não será mais um problema para mim. Poderei então me concentrar apenas no tênis".

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis