Notícias | Dia a dia
Zverev diz que demissão de Lendl deveria esperar
26/07/2019 às 18h35

Zverev escapou de derrota em Hamburgo

Foto: ATP

Hamburgo (Alemanha) - Depois de fazer duras críticas ao comportamento do então treinador Ivan Lendl, o alemão Alexander Zverev queixou-se nesta quinta-feira de o técnico ter anunciado sua demissão do cargo durante a semana em que disputa o ATP 500 de Hamburgo.

"Fiquei um tanto surpreso que a decisão dele se tornasse oficial no meio de um torneio em que estou participando, o que me atrapalhou um pouco", afirmou o número 5 do ranking. "Tenho muito respeito por ele e pela forma com que trabalhamos tão bem durante 10 meses. Mas preciso me concentrar agora no presente e no futuro", limitou-se a dizer.

Zverev escapou por pouco da derrota nas quartas de final e viu o sérvio FIlip Krajinovic ter o saque à disposição para fechar a partida ainda no segundo set, quando tinha 5/3. "O apoio do público foi essencial, me deu a energia que parecia ter perdido. Sem esse apoio, não teria conseguido reagir. Me sinto em casa em Hamburgo".

Ele admite não ter feito uma grande exibição, mas destacou o espírito de luta: "Não joguei da melhor maneira possível e quase paguei caro por isso. Mas fiquei o tempo todo procurando uma forma de dar a volta na situação e finalmente consegui. Passei a jogar um pouco mais agressivo, mudei a tática e ao final tudo funcionou à perfeição. Fui de zero a 10 em minutos".

Neste sábado, Zverev enfrentará o atual campeão de Hamburgo, o goergiano Nikoloz Basilashvili, a quem venceu nos dois duelos já disputados, porém sobre quadra dura.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis