Notícias | Dia a dia
Diretor de Montréal: 'Roger pode jogar mais 5 anos'
27/07/2019 às 14h06

Montréal (Canadá) - Responsável por organizar o Masters 1000 canadense, que ano passado foi disputado em Toronto e neste ano acontecerá em Montréal, Director Karl Hale está confiante de que o suíço Roger Federer voltará a competir no torneio e aposta no retorno já na próxima temporada, apesar dos Jogos Olímpicos de Tóquio.

“Ele realmente gosta de jogar em Toronto”, falou o dirigente do evento canadense, lembrando que as duas conquistas do suíço na competição aconteceram justamente quando foi disputado em Toronto (2006 e 2004), onde tem também os vice-campeonatos de 2010 e 2014. Federer também fez duas finais em Montréal, em 2007 e 2017 (último ano que disputou o torneio).

“Roger não tem mais tantos anos pela frente, mas acho que ele ainda nos fará uma nova visita. Porém, do jeito que ele está jogando atualmente mostra que pode continuar por mais uns cinco anos. Acredito que ele irá parar quando sentir que não pode mais brigar pelos títulos de Grand Slam, algo que mostrou continuar podendo em Wimbledon”, observou Hale.

O diretor do Masters 1000 canadense aposta que o atual número 3 do mundo vá jogar pelo menos até o final da próxima temporada. “Ele deve esperar para analisar seu desempenho e então definir o que fará em 2021”, acrescentou o dirigente, que neste ano não contará com Federer e também com o sérvio Novak Djokovic, que decidiu retornar ao circuito apenas em Cincinnati.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis