Notícias | Dia a dia
Monteiro sai do top 100 e Menezes gruda no top 200
29/07/2019 às 09h39

Após vice em Binghamton, Menezes jogará o Pan

Foto: Divulgação

Miami (EUA) - Atual número 1 do Brasil, o cearense Thiago Monteiro não conseguiu defender os 100 pontos conquistados no ano passado no ATP 500 de Hamburgo, quando foi até as quartas de final, e por isso acabou saindo do top 100. Eliminado na estreia no saibro alemão, ele perdeu 15 colocações e agora é o 106º do mundo.

Monteiro poderia tentar recuperar terreno nesta semana no ATP 250 de Kitzbuhel, mas desistiu de disputar o qualificatório do evento austríaco e por isso seguirá fora da faixa dos 100 melhores da ATP. Mesmo sem entrar em quadra ele poderá recuperar até quatro colocações, dependendo dos resultados dos concorrentes diretos.

Um pouco mais embaixo, o Brasil tem o novo número 2. O mineiro João Menezes é agora o segundo melhor do país no ranking, depois de disparar 26 colocações com o vice-campeonato em Binghamton, perdendo a final para o japonês Yuichi Sugita. O mineiro de 22 anos subiu para o 212º lugar, o melhor da carreira, e está cada vez mais próximo de um inédito top 200.

Contudo, não será nesta semana que Menezes poderá debutar entre os 200 do mundo, uma vez que disputa o Pan-Americano de Lima, que não conta pontos para o ranking. Em contrapartida, a competição serve de atalho olímpico, dando ao campeão e vice um lugar nos Jogos de Tóquio 2020.

O paulista Rogério Silva perdeu nove lugares, foi para a 236ª colocação e é o terceiro melhor brasileiro na ATP. Logo atrás está o também paulista Thomaz Bellucci, que caiu dois postos e agora é o 259 do mundo. Completam a lista de representantes nacionais no top 400: o gaúcho Guilherme Clezar (311º), o paranaense Thiago Wild (342º) e o paulista Pedro Sakamoto (372º).

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis