Notícias | Dia a dia
Kyrgios supera momento ruim e derrota Tsitsipas
03/08/2019 às 23h36

Kyrgios deve retornar ao 34º lugar do ranking com a final e pode ir a 27ª com o título

Foto: ATP

Washington (EUA) - Em mais uma partida em que foi do céu ao inferno em poucos minutos, o australiano Nick Kyrgios ainda conseguiu segurar a cabeça no terceiro set e se classificou para sua segunda final de ATP 500 da temporada. Ele derrotou o grego Stefanos Tsitsipas, seu parceiro de duplas na semana e cabeça 1 da chave de simples, por 6/4, 3/6 e 7/6 (9-7).

Esta foi sua quarta vitória em cinco confrontos diante de adversários top 10 da temporada. Ele vai em busca do sexto troféu da carreira e o segundo do ano, o que repetiria a grande semana de Acapulco, em março.

O adversário será o russo e também top 10 Daniil Medvedev, que teve pouco trabalho para superar o alemão Peter Gojowczyk e anotou 6/2 e 6/2. No único duelo entre os finalistas, Kyrgios venceu em três disputados sets no saibro de Roma deste ano. Medvedev vai em busca do quinto título da carreira e o segundo de sua ótima temporada.

Kyrgios fez um primeiro set incrível, abusando de sua habilidade para fazer jogadas fora do padrão. Mesclou força e bolas colocadas, sacou com incrível força e nem se esforçou após obter a primeira quebra. Fechou com 17 winners diante de apenas 5 e nem errou tanto (5 a 2).

Parecia dono do jogo quando iniciou com quebra e fez 2/0 no segundo set, mas aí entrou em cena o 'bad boy'. O saque falhou, o grego se mostrou mais consistente nas devoluções e recuperou a quebra. Foi o bastante para o australiano entrar em parafuso. Levou duas advertências por descontar a raiva na raquete, sofreu nova quebra para 2/4 e aí jogou um game desleixado, recebendo vaias.

Tudo isso ajudou Tsitsipas elevar seu nível. O grego passou a sacar melhor e cortou as falhas da base, levando ao terceiro set com apenas 1h07 de duelo. O jogo então finalmente entrou num padrão normal, com os dois jogadores forçando bem o saque e trabalhando melhor os pontos.

Lance curioso, Tsitsipas mais uma vez precisou trocar o calçado e quem trouxe o novo par a ele foi o próprio Kyrgios, que fez uma reverência em tom de brincadeira. O equilíbrio se manteve até o tiebreak, com poucos games em que o sacador se sentiu pressionado. Aí o australiano voltou a jogar de forma bem agressiva e abriu 5-1, mas não concluiu. Tsitsipas lutou e chegou a ter match-point, embora no serviço adversário e por fim Kyrgios conseguiu sua chance de fechar ao aplicar grande passada e concluir depois com fortíssimo serviço.

Kyrgios anotou 43 winners contra 39 e cometeu 25 erros diante de 11. Ao anotar mais 19 aces, atinge o total de 92 na semana.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis