Notícias | Dia a dia
Schwartzman ganha primeiro ATP sobre piso duro
04/08/2019 às 08h45

Schwartzman tem agora três títulos de ATP

Foto: ATP

Los Cabos (México) - Tenista que soube adaptar seu estilo para os pisos sintéticos nos últimos anos, o argentino Diego Schwartzman, de 1,68m, enfim conquistou na madrugada deste domingo seu primeiro ATP fora do saibro. Em jogo que precisou salvar três set-points na série inicial, superou o jovem norte-americano Taylor Fritz, com parciais de 7/6 (8-6) e 6/3.

"Ganhar este título é realmente ótimo porque vai me dar uma grande confiança para a sequência dos torneios", afirmou El Peque, que entrou como cabeça 3 no ATP mexicano. "Foi importante vir aqui e encarar jogos contra tenistas de peso".

Há 13 meses, Schwartzman chegava ao 11º lugar do ranking e brigava por um top 10, mas esta temporada tem sido menos regular. Até aqui, ele havia chegado na final de Buenos Aires e feito sua primeira semi de Masters 1000 em Roma. Entrou em Los Cabos com apenas 23 vitórias e 16 derrotas em 2019.

Fritz, de 21 anos, vem de uma boa sequência de resultados, tendo vencido 13 de seus 16 últimos jogos, o que inclui o título em Eastbourne e o vice de Atlanta na semana passada. Com a campanha no México, entrará no top 25, dois postos atrás de Schwartzman.

A final foi marcada por longas e pesadas trocas de bola entre os tenistas. Fritz obteve a primeira vantagem, ao fazer 3/1, mas não sustentou o placar. Com 5/6, Schwartzman encarou 0-40 e foi corajoso, sacando bem e usando o forehand para garantir o tiebreak. Fritz cometeu dupla falta para dar 6-3 ao adversário, regiu com 6-6 mas outra dupla falta foi fatal.

Frustrado, o norte-americano caiu de produção e cedeu quebra no quarto game, levando ainda penalização de um ponto por conduta antiesportiva. Fritz ainda recuperou a quebra, mas voltou a perder o serviço no oitavo game e o batalhador argentino soube fazê-lo jogar sob pressão, concluindo a vitória em 1h43.

Schwartzman, que havia sido campeão em Istambul de 2016 e no Rio no ano passado, faturou também US$ 131.430, cabendo pouco mais de US$ 71 mil ao vice.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis