Notícias | Dia a dia
Kyrgios vence tiebreaks e fatura Washington
04/08/2019 às 19h46

Kyrgios anotou 18 aces na final e fechou a semana com 110 saques indefensáveis

Foto: Arquivo

Washington (EUA) - Mesmo sem mostrar a mesma qualidade de tênis do restante da semana, o australiano Nick Kyrgios segurou seus games de serviço e foi muito feliz nos dois tiebreaks disputados contra o russo Daniil Medvedev, o que lhe valeu o segundo título de ATP 500 da temporada. As parciais foram de 8-6 e 7-4.

O polêmico australiano repetiu a grande campanha de Acapulco em março até mesmo na dificuldade. Ele salvou dois match-points contra Rafael Nadal no México antes do título e neste sábado evitou um diante de Stefanos Tsitsipas. No geral, tem agora seis títulos de ATP na carreira.

Com os sacadores abusando da força e os devolvedores sem qualquer ritmo, o primeiro set chegou ao tiebreak em apenas 31 minutos. Desde o quarto game, Kyrgios colocava a mão na região lombar e a partir daí tentou se alongar nas viradas de lado, sem pedir ajuda ao fisioterapeuta, como já havia acontecido na partida contra Stefanos Tsitsipas no sábado.

Medvedev entrou no tiebreak com apenas um ponto perdido com o saque nas mãos e se aproveitou de dois erros do australiano para ir a 4-1 e serviço a favor. Mas então Kyrgios achou as devoluções, ficou firme na base, variou com deixada e virou para 6-5, fechando o set com erro de forehand precipitado do russo.

Enfim, Kyrgios pediu atendimento médico e jogou bem mais no seu estilo ao longo do segundo set, dando lob e deixadinha com bola entre as pernas e fazendo saque por baixo. Com 4/4, o russo permitiu 0-30 mas reagiu de forma perfeita. Com 5/6, Kyrgios encarou 30-30 e o saque funcionou com perfeição. Outro tiebreak, troca de quebras precoces até que o russo errou o forehand, permitiu 5-3 e aí Kyrgios cravou sua quinta vitória em seis jogos no ano contra top 10.

Fato curioso, Kyrgios chegou a apenas duas oitavas de final na temporada e nesses dois torneios levou o troféu. Atual 52º do ranking, consegue excelente recuperação e salta para o 27º, com chance assim de entrar como cabeça de chave no US Open.

Medvedev buscava seu segundo ATP da temporada para repetir Sofia e sofre segunda derrota seguida para o australiano, como aconteceu no saibro de Roma. Os dois podem se cruzar novamente logo na segunda rodada de Montréal na próxima semana caso Kyrgios derrote na estreia o britânico Kyle Edmund.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis