Notícias | Dia a dia
Cé sobe no ranking, Pedretti recupera 225 posições
05/08/2019 às 15h50

Gabriela Cé está cada vez mais próxima do melhor ranking da carreira

Foto: Arquivo

Miami (EUA) - O ranking da WTA divulgado nesta segunda-feira foi de mudanças significativas para as brasileiras. Afinal, os pontos conquistados em torneios de US$ 15 mil voltaram a valer. Dessa forma, muitas jogadoras que tiveram bons resultados em competições menores tiveram boas notícias.

A brasileira que mais subiu no ranking foi Thaísa Pedretti. A paulista de 20 anos saltou 225 posições e aparece atualmente no 581º lugar. Pedretti venceu três títulos no México este ano e disputou seis finais. Na próxima semana, ela deve subir ainda mais, porque ainda tem mais dez pontos a receber.

Outra atleta nacional a ganhar terreno no ranking foi Gabriela Cé. A gaúcha de 26 anos subiu 13 posições e aparece atualmente no 246º lugar. Ela está cada vez mais próxima da melhor marca da carreira, que foi a 225ª posição alcançada em 2014.Na virada do ano, ela aparecia apenas na 472ª colocação.

Também subiu no ranking Paula Gonçalves. A experiente paulista de 28 anos ultrapassou seis concorrentes e agora aparece no 354º lugar.

Por outro lado, algumas brasileiras perderam posições. Carol Melgeni Alves caiu 11 posições e agora é a 345ª do ranking. Teliana Pereira foi ultrapassada por 38 jogadoras e está no 498ª posição; Laura Pigossi caiu nove postos e está na 513ª posição.

Duras quedas tiveram Luisa Stefani, que perdeu 52 posições e aparece no 524º lugar, e Nathaly Kurata, 580ª colocada e que foi ultrapassada por 48 concorrentes. Seis brasileiras que não estavam no ranking voltaram à lista da WTA: Eduarda Piai (913ª), Ingrid Martins (942ª), Karolayne da Rosa (1058ª), as irmãs Érika e Rebeca Pereira (empatadas no 1126º lugar) e Nathalia Gasparin (1229ª).

Bia mantém posição - Número 1 do tênis brasileiro em simples, Beatriz Haddad Maia permanece no 97º lugar do ranking da WTA. A paulista de 23 anos segue suspensa provisoriamente do circuito após testar positivo em exame antidoping realizado durante o WTA 125k de Bol, na Croácia. A Federação Internacional de Tênis (ITF) ainda não divulgou um parecer completo sobre seu período de suspensão.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis