Notícias | Dia a dia
Sharapova sofre dura derrota de virada na estreia
05/08/2019 às 23h00

Sharapova tem apenas sete vitórias na atual temporada

Foto: Divulgação

Toronto (Canadá) - Em uma temporada de poucas alegrias, Maria Sharapova sofreu uma dura derrota logo na estreia do WTA Premier de Toronto. Mesmo com um bom começo de partida contra a estoniana Anett Kontaveit, 19ª do ranking, a russa não conseguiu manter a vantagem e permitiu a virada com parciais de 4/6, 6/3 e 6/4 em 2h41 de partida.

O equilíbrio durante o longo jogo desta segunda-feira aparece nos números. Kontaveit liderou nos winners por 26 a 25 e terminou o jogo com 35 erros não-forçados, um a menos que a russa. A estoniana teve doze break points e aproveitou quatro chances, enquanto Sharapova quebrou três vezes o saque da rival.

Ex-número 1 do mundo, Sharapova está com 32 anos e aparece atualmente apenas no 81º lugar do ranking. Como precisava defender 105 pontos das oitavas de final do ano passado, a russa corre o risco até de sair do top 100. Ela operou o ombro em fevereiro e ficou quase cinco meses sem jogar e tem apenas sete vitórias na temporada, sendo somente uma em três sets. A russa agora segue para Cincinnati.

Algoz de Sharapova, Kontaveit pode enfrentar mais uma ex-líder do ranking. A jovem estoniana de 23 anos espera pela vencedora da partida entre Venus Williams e Daria Kasatkina, que se enfrentam na tarde desta terça-feira em Toronto.

Após uma troca de quebras nos dois primeiros games, o set inicial passou a ter maior domínio das sacadoras. Quando o placar estava empatado por 3/3, Sharapova se aproveitou do baixo aproveitamento de primeiro saque de sua adversária e pressionou nas devoluções, forçando dois erros da rival para conseguir a quebra. A russa chegou a salvar um break point quando sacava para fechar o set, mas conseguiu definir a parcial.

Sharapova errou demais o saque no segundo set e isso custou caro. Seu índice de acerto caiu de 63% para 41% e isso fez com que a russa fosse constantemente ameaçada. A ex-número 1 do mundo enfrentou sete break points na parcial e permitiu duas quebras. Além disso, só aproveitou uma das seis chances que teve no serviço da adversária. Kontaveit teve ligeiro aumento nos número de winners, de seis da parcial anterior para nove.

Mesmo com muitos games longos, o terceiro set seguiu sem quebras ou break points por oito games. Naquele momento, o placar estava empatado por 4/4 e Sharapova encarou um game de serviço de incríveis 16 minutos. A russa escapou de dois break points com erros da adversária, mas não conseguia confirmar o saque. Eram muitos ralis longos e raramente alguém conseguia vencer dois pontos seguidos. Kontaveit acabou prevalecendo e aproveitou a terceira chance de quebra que teve. A estoniana não se intimidou na chance que teve de sacar para o jogo e consolidou a virada.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis