Notícias | Dia a dia
Aliassime vence batalha e desafia Raonic no Canadá
06/08/2019 às 17h56

Vitória foi confirmada apenas no tiebreak do terceiro set

Foto: Divulgação

Montréal (Canadá) - O duelo canadense entre Felix Auger-Aliassime e Vasek Pospisil pela primeira rodada do Masters 1000 de Montréal foi decidido nos detalhes. Apesar do melhor momento no circuito, Aliassime precisou lutar por 2h33 para vencer o compatriota por 6/2, 6/7 (3-7) e 7/6 (7-3) e avançar na competição.

Enquanto Aliassime vive a melhor fase da carreira com apenas 18 anos ao ocupar o 21º lugar do ranking mundial, Pospisil ainda tenta recuperar seu melhor nível depois de ter passado por uma cirurgia de hérnia de disco em janeiro. Ex-número 25 do mundo e semifinalista em Montréal em 2013, o experiente jogador de 29 anos aparece atualmente apenas na 205ª posição.

Na segunda rodada em Montréal, Aliassime terá mais um duelo canadense. Ele irá desafiar o compatriota Milos Raonic, ex-número 3 do mundo e atual 19º colocado aos 28 anos. Raonic venceu o único duelo anterior, válido pelo Masters 1000 de Indian Wells do ano passado.

Com Pospisil ainda sofrendo muito com a falta de ritmo, Aliassime dominou o set inicial. O jovem de 18 anos conseguiu três quebras, permitindo ao rival vencer apenas sete pontos dos 21 pontos jogados com seu próprio saque. O roteiro do segundo set foi muito diferente. Os jogadores disputaram doze games sem quebras ou break points. O equilíbrio foi tanto que o total de pontos foi 42 a 41 para Pospisil.

O tiebreak do segundo set começou melhor para Aliassime, mas ele permitiu o empate por 2/2 depois de cometer uma dupla-falta. Depois disso, Pospisil encaixou uma sequência de ótimos saques e contou com a sorte em uma difícil disputa na rede. Na reta final do set, Aliassime acabou cometendo dois erros não-forçados, que custaram caro.

O terceiro set também foi de amplo domínio dos sacadores. O único momento em que Aliassime poderia ameaçar o rival foi quando o placar estava empatado por 4/4 e Pospisil começou a sentir um incômodo nas costas. Mais uma vez, a disputa foi para o tiebreak. O atleta de 18 anos começou com 2-0, cedeu o empate, mas voltou à frente no placar depois de aplicar uma excelente passada no adversário. Depois disso, o jovem anfitrião conseguiu manter a liderança e confirmou a vitória na estreia.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis