Notícias | Dia a dia
Após 3 interrupções, Nadal enfim vence a primeira
07/08/2019 às 17h39

Partida foi bastante prejudicada por conta da chuva desta quarta-feira em Montréal

Foto: Divulgação

Montréal (Canadá) - Quatro vezes campeão do Masters 1000 do Canadá e vencedor da edição passada do torneio, Rafael Nadal teve um teste de paciência para superar a rodada de estreia em Montréal. Seu jogo contra o britânico Daniel Evans, 53º do ranking, teve três interrupções por chuva. Mas o espanhol conseguiu confirmar o favoritismo e marcou as parciais de 7/6 (8-6) e 6/4. Além das 2h de disputa em quadra, a partida ficou suspensa por outras 2h30.

Este foi o primeiro jogo de Nadal desde a semifinal de Wimbledon contra Roger Federer. O número 2 do mundo tem 1.000 pontos a defender e, por isso, corre risco de perder a posição no ranking para o suíço. Seu adversário nas oitavas será o canhoto argentino Guido Pella, que venceu o moldavo Radu Albot por 6/3, 2/6 e 7/6 (7-2).

Nadal começou sacando e perdeu seu primeiro serviço, deixando o rival britânico abrir 2/0. Os primeiros pingos vieram no fim do quinto game e causaram a primeira interrupção, que sequer tirou os jogadores de quadra. Logo em seguida, o número 2 do mundo conseguiu devolver a quebra de desvantagem e deixou tudo igual em 3/3.

Sacando em 4/5, Evans encarou os dois primeiros set-points da disputa, salvou ambos e esticou o confronto. Pouco tempo depois, no começo do 12º, veio uma chuva um pouco mais forte que interrompeu o jogo e tirou os atletas da quadra. Por volta de 30 minutos depois, a partida voltou e a definição do set inicial foi para o tiebreak.

Bastante agressivo, o britânico chegou a abrir 6-4 e teve dois set-points seguidos, o segundo deles com o saque. Nadal mostrou todo seu poder de luta e de recuperação, saiu do buraco e venceu os quatro pontos seguintes para fazer 8-6 e fechar o primeiro set.

O vice-líder da ATP manteve o embalo e saiu quebrando no começo do segundo set, fazendo 2/0 na sequência. Quando tudo indicava que o espanhol poderia deslanchar para sacramentar a vitória na estreia, mas uma vez o tempo ruim entrou em ação e forçou a terceira interrupção do jogo, novamente com os tenistas deixando a quadra.

Na volta à quadra, Nadal teve chance de ampliar a vantagem quando já vencia por 3/1, mas não aproveitou a oportunidade. Logo depois, Evans devolveu a quebra e buscou o empate por 3/3. Mas a liderança do espanhol foi recuperada já no game seguinte. Naquele momento, Nadal era o jogador mais agressivo em quadra e a definição dos pontos quase sempre vinha de suas mãos. Depois disso, o número 2 do mundo não teve mais o serviço ameaçado e confirmou a vitória.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis