Notícias | Dia a dia
Nadal: 'O mais importante hoje era vencer o jogo'
07/08/2019 às 23h10

Espanhol acredita que irá elevar seu nível de tênis ao longo da semana em Montréal

Foto: Divulgação

Montréal (Canadá) - Depois de vencer sua partida de estreia no Masters 1000 de Montréal, Rafael Nadal acredita que não teve uma grande atuação nesta quarta-feira e que o mais importante era conseguir o resultado positivo. Isso porque o espanhol faz seu primeiro jogo no piso duro desde março antes de iniciar as temporadas de saibro e grama. Ele acredita que irá evoluir ao longo da semana.

"Sempre é difícil fazer o primeiro jogo em quadra dura depois de tanto tempo, porque fiz uma longa temporada nas quadras de saibro, depois joguei na grama e descansei um pouco. Então quando você termina Wimbledon, é como se seu corpo perdesse um pouco dessa tensão, então é preciso pouco tempo para se recuperar", disse Nadal após a vitória por 7/6 (8-6) e 6/4 sobre Daniel Evans.

"Como eu havia dito antes do torneio, o mais importante hoje era vencer o jogo. Saí com a vitória e outras coisas devem vir lentamente. Tenho jogado e treinado mais ou menos bem. Agora é o momento de competir e amanhã terei outro desafio", acrescentou o número 2 do mundo, que enfrentará o canhoto argentino Guido Pella nas oitavas de final.

Nadal sofreu uma quebra no início do jogo e chegou a salvar um set point na primeira parcial. "Daniel é um jogador que combina um jogo agressivo com muita habilidade. Ele é capaz de ler o jogo muito bem. Foi um primeiro set difícil. Depois, no segundo, eu consegui abrir vantagem no começo, mas ele me quebrou de volta. Foi muito importante conseguir quebrar logo depois".

Perguntado sobre as condições de jogo em Montréal, o tetracampeão acredita que o piso está rápido, mas a escolha da bola (da fabricante norte-americana Penn) não é a ideal. "A quadra eu achei rápida. A bola é um problema antigo. Na minha opinião é muito pesada. Já tivemos isso em outros anos. A marca está tentando melhorar e espero que eles encontrem uma solução".

A partida desta quarta-feira teve três interrupções por chuva, mas Nadal não acha que seja necessário ter um teto no estádio. "Os Grand Slam buscam o melhor para os fãs e para eles. Mas em um Masters 1000, honestamente, não acho que seja algo estritamente necessário. Se você tiver, é melhor. Mas acho que o torneio já está bom assim".

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis