Notícias | Dia a dia
Khachanov bate Wawrinka, Tsitsipas cai na estreia
08/08/2019 às 00h35

Tsitsipas foi finalista no ano passado e precisava defender 600 pontos

Foto: Divulgação

Montréal (Canadá) - Em sua melhor fase na carreira, Karen Khachanov conseguiu um ótimo resultado para chegar às oitavas de final do Masters 1000 de Montréal. O jovem russo de 23 anos e número 8 do mundo superou o veterano suíço Stan Wawrinka, ex-top 3 e atual 22º colocado aos 34 anos, por 6/4, 6/7 (3-7) e 6/2.

Khachanov havia perdido os dois duelos anteriores contra Wawrinka e nunca havia vencido um set sequer contra o suíço. Ele agora se prepara para um duelo da nova geração contra o canadense Felix Auger-Aliassime, número 21 do mundo e que completará 19 anos nesta quinta-feira. Os dois jamais se enfrentaram anteriormente.

Vencedor do Masters 1000 de Paris no fim do ano passado, Khachanov tem quatro títulos de ATP na carreira, mas ainda não venceu nenhum torneio na temporada. As campanhas mais expressivas do russo em 2019 foram as quartas de final de Roland Garros e no Masters 1000 de Indian Wells. Ele também chegou às quartas no ATP 500 de Halle, na grama alemã.

Polonês derruba Tsitsipas e encara Monfils
Finalista do Masters canadense no ano passado, quando o torneio aconteceu em Toronto, Stefanos Tsitsipas não repetiu o mesmo desempenho em Montréal e foi eliminado ainda na estreia. O grego de 20 anos e número 5 do mundo perdeu para o polonês Hubert Hurkacz, 48º colocado, por 6/4, 3/6 e 6/3.

Sem conseguir defender os 600 pontos que tem a descontar na próxima semana, Tsitsipas perderá pelo menos duas posições no ranking. O prejuízo pode ser ainda maior dependendo dos resultados de outros concorrentes como Daniil Medvedev ou Karen Khachanov. Já Hurkacz venceu o quarto jogo contra top 10 na temporada e na carreira. Ele agora enfrenta o francês Gael Monfils, que derrotou o bielorrusso Ilya Ivashka por 6/3 e 7/6 (8-6).

No jogo que encerrou a segunda rodada, o cabeça 7 italiano Fabio Fognini venceu o norte-americano Tommy Paul por 7/6 (7-3) e 6/3. Fognini enfrenta o canhoto francês Adrian Mannarino, que fez 6/2 e 6/1 contra o croata Borna Coric.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis