Notícias | Dia a dia
Franceses batem Murray e López na segunda rodada
08/08/2019 às 00h46

Britânico jogou ao lado do canhoto espanhol Feliciano López nesta semana

Foto: Divulgação

Montréal (Canadá) - Diferente do que havia acontecido na grama de Queen's, em Londres, Andy Murray e Feliciano Lopez tiveram vida curta na chave de duplas do Masters 1000 de Montréal. O britânico e o espanhol caíram na segunda rodada para os franceses Jeremy Chardy e Fabrice Martin com parciais de 2/6, 6/3 e 10-8.

Murray e López vinham de uma expressiva vitória na estreia sobre o brasileiro Marcelo Melo e o polonês Lukasz Kubot, em jogo que eles até salvaram um match point antes de superarem os cabeças de chave número 2 do torneio canadense.

Este foi o quinto torneio de duplas que Andy Murray disputou desde que realizou sua segunda cirurgia no quadril, em janeiro deste ano. O ex-número 1 voltou às quadras em junho e logo de cara conquistou o título em Queen's, ao lado de López. Depois disso, jogou com Marcelo Melo em Eastbourne, com Pierre Hugues-Herbert e Serena Williams (duplas mistas) em Wimbledon e com o irmão Jamie Murray em Washington.

Atualmente com 32 anos, Murray é o atual 325º colocado no ranking de simples na ATP e aparece na 116ª posição nas duplas. O britânico é cauteloso quanto à sua volta às competições individuais, mas cogita fazer uma tentativa já na semana que vem, quando disputará o Masters 1000 de Cincinnati. Seu último torneio de simples foi o Australian Open, em janeiro.

Algozes de Murray e López, Chardy e Martin já estão nas quartas de final. Eles podem enfrentar a experiente parceria do holandês Jean-Julien Rojer com o romeno Horia Tecau ou a dupla formada pelo norte-americano Rajeev Ram e pelo britânico Joe Salisbury.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis