Notícias | Dia a dia
Raonic: '30 minutos mais desagradáveis que já tive'
08/08/2019 às 09h10

Montréal (Canadá) - Após abandonar sua segunda partida no Masters 1000 de Montréal, saindo no meio do segundo set contra o compatriota Felix Auger-Aliassime, o canadense Milos Raonic revelou ter encarado fortes dores nas costas desde o começo do embate. Ele contou que ainda tentou seguir em quadra, mas a situação piorou na reta final e era impossível seguir jogando.

“Senti uma dor nas costas muito maior que em Washington e não consigo determinar o que tenho. Já estava doendo antes de começar a partida, mas acho que acabei rompendo no primeiro game e não conseguia colocar os primeiros saques em quadra”, declarou o cabeça de chave 14, que havia superado o francês Lucas Pouille na estreia em sets diretos.

“Os últimos 30 minutos de jogo foram os mais desagradáveis que já tive dentro de uma quadra de tênis. Amanhã passarei por exames para descobrir o que tenho”, acrescentou Raonic, que também por lesão nas costas, não disputou uma semifinal contra o próprio Aliassime na grama de Stuttgart.

Raonic vem encarando uma dura temporada, repleta de problemas físicos. Ele disputa em Montréal apenas seu 11º torneio no ano, somando 21 vitórias e 10 derrotas. As costas também foram problema durante a disputa do ATP de Delray Beach e sua participação no saibro europeu simplesmente não aconteceu em 2019 por causa de lesão no joelho.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis