Notícias | Dia a dia
Khachanov frustra a festa de Aliassime e pega Zverev
08/08/2019 às 18h39

Khachanov buscou a virada contra o aniversariante canadense

Foto: Divulgação

Montréal (Canadá) - No dia em que completou 19 anos, Felix Auger-Aliassime recebeu muito apoio do público canadense para seu jogo de oitavas de final do Masters 1000 de Montréal. Mas apesar de todo o carinho dos fãs, o jovem anfitrião acabou se despedindo do torneio. Aliassime levou a virada do russo Karen Khachanov, número 8 do mundo, com parciais de 6/7 (7-9), 7/5 e 6/3 em 2h50.

Em sua melhor fase na carreira aos 23 anos, Khachanov debutou recentemente no top 10. Vencedor do Masters 1000 de Paris no fim do ano passado, o russo tem quatro títulos de ATP na carreira, mas ainda não venceu nenhum torneio na temporada. Ele já havia chegado às quartas em Indian Wells, Roland Garros e Halle.

Por sua vez, Aliassime está em franca evolução no circuito. Número 21 do mundo, o jovem canadense era apenas o 108º colocado no início da temporada e há um ano aparecia apenas no 133º lugar. Ele já disputou três finais de ATP, no saibro do Rio de Janeiro de Genebra, além da grama de Stuttgart.

Com duas quebras seguidas no set inicial, Khachanov teve a chance de sacar para fechar quando liderava por 5/3, mas cometeu muitos erros não-forçados naquele game e permitiu o empate. O russo também foi o primeiro a ter set points durante o tiebreak, mas Aliassime lidou muito bem com a pressão e virou o placar.

O segundo set começou melhor para o canadense, que esteve por duas vezes com uma quebra de vantagem. Mas o baixo índice de primeiro saque, na casa de 50%, e as seis duplas-faltas custaram caro. Khachanov conseguiu reverter o quadro e empatar a partida. Já no terceiro set, o russo sequer enfrentou break points e cedeu apenas três pontos com o primeiro saque em quadra, além de aproveitar sua chance de quebra ainda no começo da parcial.

Zverev consegue revanche contra georgiano

O adversário de Khachanov nas quartas será o alemão Alexander Zverev, sétimo colocado no ranking e campeão do torneio em 2017. Zverev também encarou uma difícil batalha de três sets nesta quinta-feira. O jovem de 22 anos superou o georgiano Nikoloz Basilashvili por 7/5, 5/7 e 7/6 (7-5). Há duas semanas, Zverev havia perdido para Basilashvili no saibro de Hamburgo.

O histórico entre Khachanov e Zverev é de três jogos. O alemão levou a melhor no saibro de Roland Garros no ano passado e nas quadras duras e cobertas de São Petersburgo em 2016. Já Khachanov marcou uma contundente vitória por 6/1 e 6/2 nas quartas de final do Masters 1000 de Paris da última temporada.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis