Notícias | Dia a dia
Sant'Anna faz semi na Alemanha, Ciro e Reis nas quartas
08/08/2019 às 20h13

Gabriel Ciro da Silva, de 20 anos, está nas quartas de final no Equador

Foto: Arquivo

Wetzlar (Alemanha) - Em seu terceiro compromisso no ITF M15 no saibro alemão de Wetzlar, Bruno Sant'Anna voltou a vencer e garantiu vaga na semifinal do torneio. Terceiro cabeça de chave e 565º colocado no ranking da ATP, o paulista de 26 anos venceu o francês Paul Cayre por 6/4 e 6/2.

Vencedor de nove títulos profissionais de nível future, Sant'Anna busca sua 18ª final da carreira e a primeira da temporada. Seu título mais recente foi conquistado na França, no ano passado. O adversário na semifinal será o cabeça 1 local Lucas Gerch.

Reis e Blumenberg vencem na Bolívia - O pernambucano João Lucas Reis está nas quartas de final do ITF M15 no saibro de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia. O jovem de 19 anos e 671º do ranking venceu o colombiano Andres Urrea por 7/5 e 6/1 e vai enfrentar o vencedor do duelo argentino entre Luciano Doria e Maximiliano Estevez.

Também avançou o paulista Alex Blumenberg, que venceu o anfitrião Alejandro Mendoza por 3/6, 6/3 e 6/2. Ele enfrenta o argentino Mariano Navone, que evitou um duelo brasileiro ao vencer o também paulista André Miele por 6/3 e 7/6 (7-1).

Ciro avança, Bogo é eliminado - Os dois brasileiros que atuaram nesta quinta-feira pelo ITF M25 no saibro de Portoviejo, no Equador, tiveram rumos opostos. O jovem paulista de 20 anos Gabriel Ciro da Silva venceu o venezuelano Brandon Perez por 4/6, 6/3 e 6/4 para chegar às quartas e desafiar o chileno Marcelo Tomas Barrios Vera. Já Enrique Bogo sofreu 6/2 e 6/3 do argentino Juan Pablo Ficovich.

Brasileiros caem na Itália - O carioca Wilson Leite e os paulsitas Felipe Meligeni Alves e Daniel Dutra da Silva caíram nas oitavas do ITF M25+H no saibro italiano de Appiano. Leite sofreu 6/3 e 6/4 do cabeça 2 local Francesco Forti, Felipe Alves perdeu por 6/1 e 7/5 do brasileiro naturalizado sueco Christian Lindell, enquanto Daniel perdeu do anfitrião Federico Arnaboldi por 6/4, 4/6 e 7/5.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis