Notícias | Dia a dia
Serena supera início ruim e se garante nas quartas
08/08/2019 às 21h51

Serena pode cruzar o caminho de Naomi Osaka na próxima rodada

Foto: Divulgação

Toronto (Canadá) - Depois de um começo de partida preocupante, Serena Williams conseguiu reagir a tempo de buscar uma vitória em sets diretos para chegar às quartas de final do WTA Premier de Toronto. A ex-número 1 do mundo superou a russa Ekaterina Alexandrova, 48ª colocada, por 7/5 e 6/4 em 1h31 de partida.

Serena pode rever a japonesa Naomi Osaka, para quem perdeu a final do último US Open. Osaka também levou a mehor em duelo disputado em Miami no ano passado. A japonesa atua no complemento da rodada desta quinta-feira contra a polonesa de 18 anos Iga Swiatek.

Tricampeã em Toronto nos anos de 2001, 2011 e 2013, Serena aparece atualmente no décimo lugar do ranking mundial. A veterana de 37 anos e vencedora de 23 títulos de Grand Slam ainda tenta vencer seu primeiro torneio desde o nascimento da filha Alexis Olympia, em setembro de 2017.

Assim como havia acontecido na estreia contra a top 20 belga Elise Mertens, o começo de partida não foi fácil para Serena. Com muito vento em quadra, a norte-americana colcou só 38% de primeiros serviços em quadra em seus dois primeiros games de saque e acabou permitindo duas quebras de serviço à russa, que abriu 3/0 no placar.

Passado o susto, veio a reação. Serena conseguiu devolver as duas quebras de serviço. Ela também passou a encaixar melhor o primeiro saque para correr menos riscos e, com o tempo, controlou praticamente todos os pontos do fundo de quadra. Alexandrova salvou três set points quando perdia por 5/4 e confirmou o saque, mas Serena voltaria a quebrar dois games mais tarde. No fim do set, a ex-número 1 tinha onze winners e doze erros não-forçados.

O segundo set também começou com Alexandrova conseguindo uma quebra de serviço após uma dupla-falta de Serena. A russa chegou a liderar por 3/1, mas a norte-americana conseguiu empatar a disputa no sexto game. Depois disso, Serena perderia apenas mais três pontos no saque e pressionou constantemente o serviço da rival até conquistar uma quebra definitiva no décimo game para chegar à vitória no quarto match point. Alexandrova liderou nos winners por 24 a 18 e cada jogadora cometeu 25 erros não-forçados.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis