Notícias | Dia a dia
Nadal: 'Federer e eu nos preocupamos com o tênis'
09/08/2019 às 09h09

Montréal (Canadá) - Classificado para as quartas de final do Masters 1000 de Montréal com a vitória sobre o argentino Guido Pella, o espanhol Rafael Nadal não falou apenas da partida realizada na quinta-feira em sua entrevista coletiva. Seu retorno ao Conselho dos Jogadores da ATP junto do suíço Roger Federer ganhou destaque na conversa com os jornalistas.

“Decidimos voltar juntos, nenhum de nós queria entrar sozinho. Podemos ser de grande ajuda para o esporte, que é realmente o que interessa. Além do mais, sempre fomos pessoas muito preocupadas com o tênis”, disse Nadal, que no começo do ano deixou claro seu descontentamento com a saída do presidente Chris Kermode ao fim de 2019.

“Nos últimos meses houve vários momentos duros em torno de discussões importantes sobre decisões que foram tomadas. Vou me informar mais sobre o que está acontecendo e dar uma perspectiva diferente aos temas”, observou o canhoto de Mallorca.

Sobre a partida contra Pella, ele destacou a dificuldade em se lidar com o forte vento. “Foi um dia difícil em relação às condições de jogo, estava ventando muito, mas isso é algo que pode acontecer. Sem dúvida é melhor jogar quando o clima não está assim. O importante é ser forte mentalmente e saber se adaptar”, contou o espanhol.

O próximo desafio de Nadal será contra o italiano Fabio Fognini, contra quem já jogou outras 15 vezes. O espanhol venceu 11 e perdeu somente quatro, sendo uma dessas derrotas a das semifinais do Masters 1000 de Monte Carlo deste ano. No piso duro a vantagem do vice-líder da ATP é de 5 a 1.

“Pude ver um pouco de seu jogo ontem e realmente estava muito bem. Sua atual temporada é uma das melhores da carreira, se não for a melhor. Precisarei jogar em meu melhor nível, acima do que mostrei nas outras partidas que tive nesta semana. Será um oponente muito duro”, analisou Nadal, que enfrentará Fognini às 19h30 desta sexta-feira (horário de Brasília).

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis