Notícias | Dia a dia
Após primeiras vitórias, confiança de Thiem se eleva
09/08/2019 às 10h18

Montréal (Canadá) - O austríaco Dominc Thiem chegou ao Masters 1000 de Montréal com um incômodo jejum na competição, onde nunca havia vencido, mas desta vez ele deixou para trás o histórico negativo e vem fazendo uma boa campanha, se classificando para as quartas de final; deixou pelo caminho rivais como Denis Shapovalov e Marin Cilic.

“Estou muito feliz por estas duas vitórias. Ainda faltam várias partidas se quero conquistar o título, mas acredito estar no caminho certo. Venci jogadores incríveis e isso me dá muita confiança para os próximos dias”, afirmou o cabeça de chave número 2, que buscará um lugar nas semifinais do torneio canadense contra o russo Daniil Medvedev.

“Daniil está fazendo uma grande temporada, entrou para o top 10 pela primeira vez e deve ser um dos jogadores com mais vitórias em 2019. Duelamos na final de Barcelona e sofri para vencê-lo”, comentou Thiem, que além de superar o russo na decisão no saibro catalão também levou a melhor nas quartas do ATP de São Petersburgo, na temporada passada.

Ao comentar o triunfo desta quinta-feira, ele destacou as dificuldades que o vento trouxe. “Tive um duelo complicado com Cilic, um jogador que te exige dar o máximo se quer sair vitorioso. Consegui salvar os nove break-points que enfrentei, o que é uma grande notícia”, falou o austríaco, que se encheu de confiança com os bons resultados até então no torneio.

“Não me vejo melhor que nas temporadas anteriores, mas a confiança está melhor do que nunca. Meu histórico de zero vitórias e cinco derrotas não me preocupava, pois sabia que em algum momento eu conseguiria vencer e foi o que aconteceu nessa edição”, pontuou Thiem, que teve quatro treinos para se adaptar às quadras duras depois de uma sequência no saibro.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis