Notícias | Dia a dia
Murray joga Cincinnati e volta a simples após 6 meses
09/08/2019 às 19h59

Cincinnati (EUA) - A tão esperada confirmação da participação ou não do britânico Andy Murray na chave de simples no Masters 1000 de Cincinnati foi confirmada nesta sexta-feira. Será sua primeira aparição em uma chave de simples em mais de seis meses.

Depois de passar por uma nova cirurgia no quadril, no final de janeiro, Murray voltou com cautela e preferiu jogar apenas torneios de dupla no retorno ao circuito e logo em sua primeira participação conquistou o título do ATP 500 de Queen’s ao lado do espanhol Feliciano López.

O britânico disputou mais quatro eventos depois disso, o último deles nesta semana em Montréal, novamente ao lado de López, derrubando o mineiro Marcelo Melo e o polonês Lukasz Kubot na estreia.

A confirmação da presença de Murray na chave de simples em Cincinnati aumenta a expectativa por sua participação também no US Open, uma vez que ele mesmo havia dito que dificilmente retornaria às partidas de simples em um torneio disputado em melhor de cinco sets.

Na última partida do escocês em simples no circuito ele travou um disputado duelo com o espanhol Roberto Bautista na primeira rodada do Australian Open. Murray lutou por mais de 4h, mas acabou levando a pior em uma batalha de cinco sets. Duas semanas depois ele passou pela segunda operação no quadril, ficando quatro meses e meio afastado do circuito até o retorno nas duplas.

Britânico enfrentará Gasquet

Após o sorteio da chave principal, realizado na noite desta sexta-feira, foi definido que Murray enfrentará o francês Richard Gasquet, 66º do ranking. O britânico tem oito vitórias e três derrotas contra o experiente rival de 33 anos e ex-top 10. Murray venceu os últimos cinco encontros contra Gasquet. O vencedor da partida enfrentará Dominic Thiem já na segunda rodada. 

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis