Notícias | Dia a dia
Stefani vence e faz semi de duplas nos EUA
09/08/2019 às 19h06

O ano de Stefani é tão bom que ela só subirá no ranking se for campeã

Foto: Arquivo

Landisville (EUA) - Brasileira mais bem colocada no ranking de duplas da WTA, ao ocupar o 105º lugar, Luisa Stefani venceu mais uma na chave de duplas do ITF W60 norte-americano de Landisville, no estado da Pennsylvania. Stefani e a anfitriã Quinn Gleason venceram as convidadas locais Victoria Duval e Caitlin Whoriskey por 4/6, 6/2 e 10-4.

O ano de Stefani é tão positivo que os 29 pontos já garantidos sequer entram na lista de seus 11 melhores resultados válidos para o ranking. Se for finalista, fará 48 pontos, que apenas iguala a última campanha que conta para a classificação. Já um possível título renderia 80 pontos que a deixaria muito perto do top 100.

Em 2019, Stefani já venceu 30 partidas de duplas e conquistou quatro títulos. Destaque para um ITF de US$ 100 mil na grama de Ilkley, em parceria nacional com Beatriz Haddad Maia. Ela também disputou seu primeiro Grand Slam em Roland Garros, disputou uma semifinal de WTA em Monterrey e foi medalhista de bronze nos Jogos Pan-Americanos de Lima, em parceria nacional com Carolina Meligeni Alves.

Em simples, Stefani aparece atualmente no 529º lugar. A melhor marca da carreira da paulista de 22 anos foi a 431ª posição alcançada em maio. As próximas adversárias no torneio norte-americano serão as anfitriãs Hayley Carter e Jamie Loeb.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis