Notícias | Dia a dia
Djokovic e Federer podem duelar na semi em Cincy
09/08/2019 às 20h19

Federer e Djokovic protagonizaram a final do ano passado em Cincinnati

Foto: Divulgação

Cincinnati (EUA) - Os fãs de Novak Djokovic e Roger Federer vão poder matar saudade dos ídolos na semana que vem, durante o Masters 1000 de Cincinnati. O torneio é o primeiro que eles disputam desde a final de Wimbledon. No mesmo lado da chave, o sérvio e o suíço podem se enfrentar na semifinal da competição.

Veja como ficou chave do Masters de Cincinnati

Líder do ranking mundial e atual campeão em Cincinnati, Djokovic espera pelo vencedor entre o norte-americano Sam Querrey e o francês Pierre-Hugues Herbert. O cabeça de chave mais próximo do sérvio é John Isner, enquanto Nick Kyrgios e Karen Khachanov podem encontrá-lo nas quartas.

Federer tem sete títulos em Cincinnati, é o terceiro favorito e espera pelo vencedor entre o italiano Matteo Berrettini e o argentino Juan Ignacio Londero. No mesmo setor do suíço da chave acontece o duelo entre Stan Wawrinka e Grigor Dimitrov. Outro que pode enfrentá-lo nas oitavas é Nikoloz Basilashvili, enquanto Daniil Medvedev e Stefanos Tsitsipas também figuram no quadrante.

Vencedor em 2013, Rafael Nadal é o segundo cabeça de chave e espera pelo duelo entre o francês Adrian Mannarino e o chileno Cristian Garin. Nas oitavas, o espanhol pode enfrentar David Goffin, enquanto Kei Nishikori seria um possível adversário na rodada seguinte.

O outro quadrante da chave tem Dominic Thiem e Alexander Zverev. O austríaco espera por Andy Murray ou Richard Gasquet e pode encarar o campeão de 2016 Marin Cilic nas oitavas. O alemão aguarda o canadense Felix Auger-Aliassime, que estreia contra um rival vindo do quali. Gael Monfils ou Roberto Bautista Agut são possíveis adversários nas quartas de final.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis