Notícias | Dia a dia
Nadal vira contra Fognini e joga a 7ª semi seguida
09/08/2019 às 21h38

Nadal está em busca da final número 120 de sua carreira profissional

Foto: Arquivo

Montréal (Canadá) - Em duelo com altos e baixos, Rafael Nadal e Fabio Fognini fizeram uma partida cheia de alternativas pelas quartas de final do Masters 1000 de Montréal. O italiano começou melhor na disputa, mas o espanhol fez valer seu melhor momento no circuito e buscou a vitória de virada, com parciais de 2/6, 6/1 e 6/2 em 1h55 de partida.

Nadal agora lidera o histórico de confrontos contra Fognini por 12 a 4. O italiano havia vencido o duelo anterior, na campanha para o título do Masters 1000 de Monte Carlo. Nos últimos oito encontros, são sete vitórias espanholas. Os outros três triunfos de Fognini foram na temporada 2015.

Esta é a sétima semifinal consecutiva alcançada por Nadal em 2019. A série foi iniciada em Monte Carlo e passou por Barcelona, Madri, pelos títulos de Roma e Roland Garros, além da semifinal de Wimbledon contra Roger Federer e desta agora no Canadá. O espanhol tem quatro títulos no torneio, um deles no ano passado, e defende 1.000 pontos no ranking. Até por isso, o número 2 do mundo pode perder a posição para Federer se não chegar à final.

Vencedor de 82 torneios do circuito e recordista de títulos de Masters 1000, com 35 no total, Nadal está em busca da final número 120 da carreira. O veterano de 33 anos agora espera pelo vencedor da partida entre o espanhol Roberto Bautista Agut e o francês Gael Monfils, que completam a rodada das quartas de final nesta sexta-feira.

Dois sets estranhos

Os dois primeiros sets foram um tanto atípicos. Nadal teve break-point logo no segundo game, numa bola que saiu por pouco, e daí em diante fez um festival de erros não forçados - foram 14 no set, sendo 7 de forehand, tendo vencido apenas 18% dos pontos em que precisou do segundo serviço. Com isso, Fognini pôde fazer seu plano principal de jogo, que foi pegar bolas na subida e forçar paralelas.

Aí foi a vez de o italiano jogar muito abaixo do seu padrão. Ganhou apenas dois pontos nos três primeiros games do segundo set e isso obviamente encheu Nadal de confiança. Apesar do baixo número de winners (5 a 4 para o italiano), o vice-líder do ranking falhou apenas três vezes no set, quatro vezes menos do que o adversário.

Fognini pediu duas vezes atendimento médico e acabou enfaixando a problemática perna direita - ele já anunciou necessidade de cirurgia no final da temporada. Perdeu logo o primeiro serviço mas continuou na batalha, variando mais as jogadas. Mas sua dificuldade de deslocamento só aumentou e o espanhol foi fiel à ideia de mexer o italiano o tempo todo. Nadal voltou a quebrar para fazer 4/1 e ainda salvou um break point no game seguinte para ampliar sua vantagem e rumar para uma vitória relativamente tranquila depois do susto inicial.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis