Notícias | Dia a dia
Medvedev credita boa fase no circuito ao casamento
10/08/2019 às 10h55

Montréal (Canadá) - Um dos destaques da temporada, o russo Daniil Medvedev tem mostrado um grande tênis nas últimas semanas. Após o vice-campeonato no ATP 500 de Washington, ele faz grande campanha no Masters 1000 de Montréal, chegando até as semifinais com apenas 13 games perdidos em três partidas.

Atual 9 do mundo e sétimo colocado na corrida para o ATP Finals, o russo de 23 anos acredita que o casamento, em setembro do ano passado, foi um divisor de águas em sua carreira, creditando à esposa o grande momento vivido no circuito. “Ela é uma das pessoas mais importantes na minha equipe, me dá muita confiança”, afirmou.

“Sempre digo que no momento em que a pedi em casamento eu passei a jogar melhor. Foi logo após Wimbledon (no ano passado); eu era algo como 65 do mundo e no final da temporada estava na 15ª colocação”, disse o russo, que conquistou dois títulos na reta final de 2018, o primeiro deles em Winston-Salem e o segundo o ATP 500 de Tóquio.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

12.09.18 ❤️💍

Uma publicação compartilhada por Medvedev Daniil (@medwed33) em

Na conquista na capital japonesa, a maior da carreira até então, Medvedev saiu do quali e deixou pelo caminho três top 20, batendo o argentino Diego Schwartzman na primeira rodada, o canadense Milos Raonic nas quartas e o japonês Kei Nishikori na final. Ele ainda teve que derrubar Denis Shapovalov nas semifinais.

“A temporada passada foi a minha melhor nos torneios norte-americanos e só evolui desde então, jogando cada vez um tênis melhor. São as pequenas coisas na vida que fazem a diferença e ela me ajuda a cuidar disso, então consigo me focar no tênis e vencer mais partidas”, completou Medvedev, que neste sábado encara o compatriota Karen Khachanov por um lugar na decisão em Montréal.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis