Notícias | Dia a dia
Andreescu faz final em Toronto e estreia no top 20
10/08/2019 às 17h01

Toronto (Canadá) - Pela primeira vez uma atleta da casa poderá sagrar-se campeã no Premier canadense, que em anos pares acontece em Montréal e nos ímpares em Toronto. A jovem Bicanca Andreescu está a um passo de fazer história. Neste sábado, ela se classificou para a decisão em Toronto ao derrubar a norte-americana Sofia Kenin com parciais de 6/4 e 7/6 (7-5).

Com apenas 19 anos, Andreescu despontou no circuito em março deste ano, quando surpreendentemente conquistou o título em Indian Wells, derrubando quatro top 20 em sua campanha. Porém, a canadense sofreu com problemas físicos após Miami e só disputou uma partida desde então, superando a estreia em Roland Garros para desistir na sequência.

A campanha até então dentro de casa vai garantir uma inédita colocação no top 20 para a jovem canadense, que está subindo provisoriamente da atual 27ª colocação para a 19ª, podendo chegar até o 14º lugar se for campeã no domingo. Ela espera agora quem passar do confronto entre a norte-americana Serena Williams e a tcheca Marie Bouzkova.

Mesmo com apenas oito torneios disputados na temporada, contando sua participação em Toronto, Andreescu briga por um lugar no WTA Finals. Ela é a atual 13ª que mais somou na temporada, está ganhando três posições por enquanto e irá figurar entre as oito primeiras, que se classificam para Shenzhen se faturar o título em casa.

Veja como foi a vitória de Andreescu sobre Kenin

Embora tenha sido resolvida em sets diretos, a primeira semifinal deste sábado foi bastante disputada e definida em poucos pontos. Andreescu levou a primeira parcial apenas no finalzinho. Depois de perder três break-points e salvar dois, a canadense teve mais uma chance de quebra no décimo e último game, aproveitou a oportunidade e fez 1 a 0 no marcador.

O segundo set foi tão parelho quanto o anterior, só que com mais alternância. Kenin foi a primeira a obter vantagem, conseguiu uma quebra e sacou em 2/1. Contudo, ela perdeu os cinco games seguidos e viu Andreescu abrir 5/2. A norte-americana conseguiu devolver o break de desvantagem, salvou três match-points com o saque no 12º game e levou a decisão para o tiebreak.

Assim como no resto da partida, o desempate foi equilibrado e decidido com apenas um mini-break de diferença. Andreescu conseguiu bater duas vezes o saque de Kenin e perdeu um ponto nos seus serviços para assegurar assim a vitória e a vaga nas semifinais.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis