Notícias | Dia a dia
Serena sabe que terá a torcida contra na decisão
11/08/2019 às 10h57

Toronto (Canadá) - A norte-americana Serena Williams disputará neste domingo às 14h30 (horário de Brasília) sua 101ª final no circuito e tentará conquistar o 73º título, encerrando um jejum de mais de dois anos. Sua adversária na final do Premier de Toronto será a jovem tenista da casa Bianca Andreescu, que faz grande temporada e entrará no top 20 pela primeira vez na próxima semana.

“É uma jogadora que não jogou muito na temporada, mas venceu muito”, comentou a norte-americana, lembrando o título da canadense em Indian Wells. “Sei que a torcida estará com ela, eu também faria o mesmo se estivesse sentada na arquibancada. Já tive a multidão contra mim várias vezes na carreira e espero estar acostumada”, acrescentou Serena.

“Quando você é jovem, tudo no circuito te parece divertido e cada dia representa um novo desafio, sem muita pressão para encará-los. Isso é, de certa forma, uma vantagem para ela”, completou a norte-americana.

Vivendo jejum de títulos de mais de dois anos, a caçula das irmãs Williams não ergue um troféu desde o Australian Open de 2017. A veterana de 37 anos perdeu as três finais que disputou neste período, ficando com dois vice-campeonatos de Wimbledon, no ano passado e neste, e um do US Open, na última temporada.

Serena levou um susto da quali tcheca Marie Bouzkova na semifinal, perdendo o primeiro set por 6/1. “Nesses momentos é preciso ser consistente e não cometer tantos erros não forçados, também estava preparada para golpear mil bolas seguidas se fosse necessário”, comentou a ex-número 1 do mundo, que depois se recuperou e venceu de virada.

“No primeiro set tudo aconteceu muito rápido e o único caminho era buscar alguma coisa diferente. Ser capaz de mudar o jogo é algo muito importante para mim, a capacidade de não ser tão previsível é algo bom para o futuro”, encerrou a atual número 10 do mundo.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis