Notícias | Dia a dia
Sem energia, Nishikori perde duelo 100% japonês
14/08/2019 às 15h04

Cincinnati (EUA) - A quarta-feira não foi muito boa para o japonês Kei Nishikori, que mostrou não estar em sua melhor condição física e, sem muita energia, acabou eliminado do Masters 1000 de Cincinnati logo na estreia. Seu algoz foi o compatriota Yoshihito Nishioka, que triunfou em sets diretos, com parciais de 7/6 (7-2) e 6/4.

Classificado para as oitavas de final, Nishioka medirá forças com o australiano Alex de Minaur, que mais uma vez conseguiu suplantar o poderoso saque do norte-americano Reilly Opelka e o derrotou pela terceira vez na temporada, anotando placar final de 7/6 (7-3) e 6/3. O japonês levou a melhor na única vez que cruzou com o australiano, no ano passado em Miami.

Sexto mais bem cotado ao título, Nishikori se esforçou o quanto pode, mas deixou claro que estava longe de sua melhor condição. Ele inclusive chegou a pedir atendimento médico e colocou um descongestionante no nariz, o que não resolveu muito seus problemas em quadra.

O primeiro set foi definido no tiebreak, após cada um dos japoneses conseguir uma quebra para o seu lado. Nishioka largou com tudo no desempate, venceu os seis primeiros games e assim encaminhou o 1 a 0 no placar. Na segunda parcial, Nishikori chegou a abrir 4/3, mas então parou e não venceu mais games até ser eliminado.

A outra partida desta quarta-feira, já encerrada, teve a apertada vitória do francês Richard Gasquet sobre o argentino Federico Delbonis, que entrou de lucky-loser direto na segunda rodada no lugar do austríaco Dominic Thiem e caiu com parciais de 7/5 e 7/6 (7-1). Gasquet espera agora pelo vencedor do duelo entre o moldávio Radu Albot e o argentino Diego Schwartzman.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis