Notícias | Dia a dia
Nishikori: 'Dificuldade de respirar nos últimos dias'
15/08/2019 às 09h06

Cincinnati (EUA) - Eliminado logo em sua estreia no Masters 1000 de Cincinnati, o japonês Kei Nishikori confirmou na entrevista após a partida que o desconforto para respirar mostrado durante a derrota para o compatriota Yoshihito Nishioka, na qual chegou a pedir atendimento médico e usou um descongestionante nasal, é uma coisa que já o vem incomodando há algum tempo.

“Não sei o que está acontecendo, nas últimas semanas tive dificuldades e por alguma razão está sendo difícil respirar. Ainda desconheço o motivo, por isso terei que fazer uns exames”, declarou o cabeça de chave número 6 do torneio, que também avaliou o confronto 100% japonês vencido em sets diretos por Nishioka.

“Foi uma partida dura para mim, ele sacou muito bem e fez um grande jogo. É bom vê-lo crescendo e ficando cada vez melhor”, comentou Nishikori. Ele terá agora uma semana de descanso para tentar dar um jeito nos problemas respiratórios e na próxima iniciará sua campanha no US Open.

Do outro lado, Nishioka comemorou o resultado e destacou sua agressividade. “Estava muito empolgado em poder enfrentá-lo e um pouco nervoso no começo, mas também vi um pouco de nervosismo do seu lado. Foi duro para os dois e acho que acabei sendo mais agressivo”, disse o japonês que agora desafiará o australiano Alex de Minaur.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis