Notícias | Dia a dia
Djokovic domina e garante seu lugar nas quartas
15/08/2019 às 21h40

Djokovic é o atual campeão do torneio e encara o francês Pouille nas quartas de final

Foto: Divulgação

Cincinnati (EUA) - Em jogo com ritmo bastante tranquilo, Novak Djokovic marcou sua segunda vitória no Masters 1000 de Cincinnati e garantiu vaga nas quartas de final. O número 1 do mundo levou a melhor sobre o espanhol Pablo Carreño Busta, ex-top 10 e atual 53º colocado, com parciais de 6/3 e 6/4 em apenas 1h30 de partida.

Atual campeão em Cincinnati, Djokovic havia perdido cinco finais no torneio antes de finalmente conquistar o título no ano passado. O sérvio de 32 anos e vencedor de 33 títulos de Masters 1000 tenta se aproximar do recorde de Rafael Nadal, que já venceu 35 torneios deste porte, o último no domingo passado em Montréal.

Djokovic agora se prepara para enfrentar o francês Lucas Pouille, ex-top 10 e atual 31º do ranking aos 25 anos. O único duelo anterior entre eles foi a semifinal do Australian Open, em janeiro deste ano, e terminou com uma tranquila vitória do sérvio em sets diretos. Pouille avançou depois de superar o russo Karen Khachanov, número 9 do mundo, por 6/7 (3-7), 6/4 e 6/2 em 1h58 de disputa.

Diante de um adversário adepto às trocas mais longas de bola, Djokovic aproveitou a boa oportunidade para ganhar ritmo, especialmente depois de ter encarado o sacador norte-americano Sam Querrey na rodada de estreia. O sérvio pressionou o saque do adversário e também fez valer sua maior qualidade dos golpes de base para induzir o espanhol aos erros e ganhar pontos importantes.

Com apenas uma quebra, conquistada no sexto game, Djokovic conseguiu vencer a primeira parcial. O sérvio não enfrentou break points na parcial e cedeu apenas quatro pontos em seus games de serviço. Além disso, o número 1 do mundo anotou 13 winners contra 7 e cometeu apenas 5 erros, a metade do espanhol em 32 minutos de set.

O espanhol mudou a postura no segundo set e passou a ousar mais com a paralela de backhand e isso lhe garantiu 15-40 no início do segundo set, mas Djokovic conseguiu escapar dos break points e confirmar o serviço. Até mesmo quando o espanhol encaixou uma boa sequência de três winners foi possível evitar que o sérvio conseguisse uma quebra precoce na parcial. Com seu vasto arsenal e cada vez mais confiante, Djokovic permaneceu sem ter o serviço quebrado até o fim do jogo e definiu a vitória.

Djokovic fez o dobro de winners de seu adversário, 30 contra 15 de Carreño Busta, e terminou o jogo com 22 erros contra 17 do rival. O sérvio também disparou oito aces na partida.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis