Notícias | Dia a dia
Federer se classifica para o ATP Finals pela 17ª vez
19/08/2019 às 08h27

Miami (EUA) - Embora tenha ficado a uma vitória de carimbar a vaga para o ATP Finals durante sua campanha no Masters 1000 de Cincinnati, o suíço Roger Federer acabou se classificando para o torneio com a combinação de resultados da semana passada. Com seus 5.150 pontos somados no ano ele garante uma das oito vagas na competição que fecha o ano no circuito masculino.

Aos 38 anos de idade, Federer irá se juntar ao espanhol Rafael Nadal e ao sérvio Novak Djokovic na disputa na Arena O2. Será a 17ª aparição do suíço na competição, ampliando seu próprio recorde. O segundo que mais disputou o torneio que reúne os oito melhores da temporada é o norte-americano Andre Agassi com 13 aparições.

Maior vencedor no evento, com suas seis conquistas, o suíço terá a chance de ampliar também esta marca e assim se distanciar um pouco mais de Djokovic, que está logo atrás com cinco títulos. O sérvio empata como segundo maior vencedor junto com o norte-americano Pete Sampras e o tcheco naturalizado norte-americano Ivan Lendl.

O quarto colocado na corrida da temporada é o austríaco Dominic Thiem, que neste momento está por volta de 1.300 pontos da classificação direta. Logo atrás dele, com 230 pontos a menos, aparece o russo Daniil Medvedev, que deu um salto com o título no Mastrers 1000 de Cincinnati e agora é o quinto melhor do ano.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Thanks to everyone who believes in me 🙏🏼💪🏻🇺🇸 Спасибо всем, кто верит в меня 🙏🏼💪🏻🇺🇸 📸:@besolomon

Uma publicação compartilhada por Medvedev Daniil (@medwed33) em

Completam a lista dos oito que garantiriam no momento uma vaga em Londres o grego Stefanos Tsitsipas (6º), o espanhol Roberto Bautista (7º) e o japonês Kei Nishikori (8º). Logo atrás deles aparecem o italiano Fabio Fognini e o alemão Alexander Zverev, por hora os dois mais fortes candidatos nesta disputa.

Vice-campeão em Cincinnati, o belga David Goffin ganhou sete colocações na corrida e também entrou na briga. Ele agora é o 11º melhor da temporada, apenas 40 pontos atrás de Zverev e 190 atrás de Nishikori, o último na zona de classificação. O próximo na lista é o francês Gael Monfils, que já vem 180 pontos atrás de Goffin.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis