Notícias | Dia a dia | US Open
Morte do pai tira Anisimova da disputa do US Open
20/08/2019 às 08h22

Nova York (EUA) - Atual 24 do mundo, a jovem norte-americana Amanda Anisimova não estará em ação neste US Open. Segundo informa a ESPN americana, o pai da tenista e seu técnico de longa data, Konstantin Anisimov, foi encontrado morto na segunda-feira.

Anisimova é uma das promessas do tênis norte-americano, tem apenas 17 anos, é a mais jovem entre as top 100 do ranking da WTA e foi campeã juvenil do US Open dois anos atrás. Seus pais mudaram da Rússia para os Estados Unidos em 1998 trazendo a irmã mais velha da tenista, Maria.

Seria a segunda participação de Anisimova em Flushing Meadows, onde debutou no ano passado com uma derrota na estreia. Na atual temporada, ela disputou os outros três Grand Slam e teve como destaque sua campanha em Roland Garros, indo até as semifinais.

Em sua campanha no saibro parisiense, a norte-americana obteve sua maior vitória da carreira até então, batendo a então número 3 do mundo Simona Halep nas quartas, para cair na sequência para a australiana Ashleigh Barty, que acabou faturando o título.

Com a ausência da norte-americana, que completará 18 anos no sábado do meio do US Open, a também jovem Dayana Yastremska herdará um lugar entre as cabeças de chave. A ucraniana será a 32ª pré-classificada na disputa do último Slam do ano.

Comentários