Notícias | Dia a dia
Murray cogita jogar challengers para elevar nível
20/08/2019 às 09h45

Winston-Salem (EUA) - Derrotado na estreia do ATP 250 de Winston-Salem, o britânico Andy Murray continua sem vencer desde o retorno às chaves de simples. Ainda distante de seu melhor nível, o ex-número 1 do mundo acredita que o caminho seja disputar challengers para pegar ritmo e confiança para conseguir um bom desempenho nos torneios da ATP.

Apesar de reconhecer ter muito trabalho ainda pela frente, ele já viu evoluções da volta em Cincinnati para cá. “Acho que algumas coisas estavam melhores hoje. Consegui bater melhor na bola do que em Cincinnati e sinto que me movimentei bastante bem para chegar em algumas deixadinhas, algo que não estava fazendo na semana passada”, analisou o escocês.

Operado no quadril pela segunda vez no fim de janeiro deste ano, Murray retornou primeiro em duplas e só na semana passada é que disputou seu primeiro evento em simples. “Ainda há algumas coisas que preciso melhorar. Fisicamente eu me sinto bem, principalmente porque não sinto dor ou qualquer coisa do tipo, apenas estou um pouco mais cansado que o habitual”, descreveu.

“Sou bastante consciente do nível em que estou agora e daquele que posso chegar. Meu jogo é competitivo e preciso melhorar, talvez precise jogar torneios de um nível inferior para conseguir algumas vitórias e melhorar meu tênis antes de voltar de vez ao circuito da ATP”, complementou o tenista de 32 anos e atual 329 do mundo.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis