Notícias | Dia a dia | US Open
Duas top 100 ainda ainda lutam no quali em NY
21/08/2019 às 19h25

Número 67 do mundo, a cazaque Elena Rybakina teve que jogar o quali do US Open

Foto: Divulgação

Nova York (EUA) - Duas jogadoras que figuram entre as cem melhores do ranking mundial da WTA seguem na luta por um lugar na chave principal do US Open. A cazaque Elena Rybakina, número 67 do mundo, e a espanhola Paula Badosa, 91ª colocada, subiram no ranking após o fechamento da lista de inscrições e, por isso, tiveram que participar do qualificatório do Grand Slam norte-americano.

Principal cabeça de chave no quali feminino em Nova York, Elena Rybakina vem confirmando seu favoritismo. A jovem cazaque de 20 anos estreou marcando um duplo 6/1 em 48 minutos contra a norte-americana Emma Navarro. Depois, bateu a australiana Arina Rodionova por 6/2 e 6/1. Sua terceira adversária é a também australiana Lizette Cabrera.

Rybakina ocupava apenas o 106º lugar do ranking do dia 15 de julho, utilizado como base para a entrada no US Open. Na semana seguinte, ela conquistou seu primeiro título de WTA no saibro de Bucareste. Com isso, ela até chegou a ocupar a 61ª posição, seu recorde pessoal no ranking.

Segunda favorita e número 91 do mundo, Paula Badosa também segue vencendo seus jogos em Nova York. Primeiro, ela venceu a taiwanesa En-Shuo Liang por 6/1 e 6/3. Depois bateu a holandesa Quirine Lemoine por 6/7 (6-8), 6/4 e 6/2. Sua próxima adversária é a polonesa Magdalena Frech.

Badosa era a 116ª no ranking quando as inscrições para o US Open foram encerradas. Sua estreia no top 100 foi no dia 5 de agosto. Ela fez duas semifinais seguidas, primeiro no WTA de Palermo e no torneio da série 125k no saibro alemão de Karlsruhe.

A cabeça 3 do quali e 92ª do ranking Irina Begu perdeu na segunda rodada do quali para a eslovaca Jana Cepelova, ex-top 50 e atual 155ª colocada por 6/3 e 6/2. Duas ex-top 20 jogam a segunda fase do quali: a belga Kirsten Flipkens encara a sérvia Jovana Jaksic e a também belga Yanina Wickmayer enfrenta a chinesa de 18 anos Xiyu Wang. 

Comentários
Faberg
Roland Garros Series