Notícias | Dia a dia | US Open
Djokovic: 'É sempre um desafio defender um Slam'
23/08/2019 às 14h08

Nova York (EUA) - Assim como fez em Wimbledon, o sérvio Novak Djokovic tentará no US Open defender a conquista do ano passado. Mais uma vez o número 1 do mundo chega a um Grand Slam não apenas como o principal favorito na chave, mas também entre as casas de apostas. Mesmo com toda essa expectativa, ele se diz acostumado e garante aguentar a pressão.

“Tenho essa pressão extra e grandes expectativas sobre mim, mas com o tempo consegui me acostumar. Quanto mais você ganha mais fica habituado a tudo isso. De qualquer forma, é sempre um grande desafio defender um título de Grand Slam”, afirmou o líder do ranking, que abrirá sua campanha em Flushing Meadows contra o espanhol Roberto Carballes.

Diferente do que fez o suíço Roger Federer, que garantiu estar focado apenas nas primeiras rodadas, Djokovic garantiu que olha sim adiante na chave. “A maior parte dos jogadores olha a chave além da primeira rodada, mas é claro que a principal atenção está para o próximo jogo, o próximo desafio a ser superado”, afirmou o sérvio.

“Para ser sincero, acho que a maioria dos jogadores estuda a chave sim. Mesmo que digam 'estou de olho apenas na minha próxima partida', eles olham para a região em que estão. Você e sua equipe ficam observando os oponentes em potencial”, complementou o número 1, que pode encarar o norte-americano Sam Querrey já na segunda rodada.

O sérvio ainda lembrou com carinho do título conquistado na grama do All England Club, seu 16º em Grand Slam. “A última final de Wimbledon, contra Roger, foi provavelmente uma das duas partidas mais duras e emocionantes que eu já vivi”, finalizou Djokovic.

Comentários