Notícias | Dia a dia | US Open
Thiem reduz treino e não tem ilusões no US Open
24/08/2019 às 09h40

Thiem contraiu virose em Montréal e desistiu de competir em Cincinnati na semana seguinte

Foto: Arquivo

Nova York (EUA) - Não faltou sinceridade ao austríaco Dominic Thiem quanto às suas chances para o US Open. O cabeça 4 do torneio ainda não se sente totalmente recuperado após a virose que pegou nas última semanas e espera ao menos estar competitivo até segunda-feira.

"Tenho de dizer que não espero milagres", afirmou ele, que ano passado fez uma partida espetacular contra Rafael Nadal no US Open. "Neste momento não considero a chance de chegar nas quartas ou na semi. O negócio é ir rodada por rodada e ver o que acontece".

Na quinta-feira, ele foi ao estádio Arthur Ashe para bater bola com Roger Federer, mas explica que sua preparação tem sido cautelosa. "Estou treinando o mínimo possível para tentar chegar pronto para o torneio".

O vice-campeão de Roland Garros contraiu a virose durante a campanha em Montréal, em que chegou nas quartas. Foi então forçado a desistir de Cincinnati. Pouco antes, havia conquistado o ATP caseiro em Kitzbuhel.

Seu adversário de primeira rodada no US Open será o italiano Thomas Fabbiano. Ele está no mesmo quadrante de Nadal.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series