Notícias | Dia a dia | US Open
Laver será homenageado por seu 2º Grand Slam
26/08/2019 às 10h59

Nova York (EUA) - Embora não seja nem um dos cinco maiores campeões de Grand Slam em número absoluto de conquistas, com seus 11 títulos, o australiano Rod Laver tem um feito que até então apenas ele conseguiu alcançar: vencer os quatro principais títulos do circuito em uma mesma temporada, algo que fez não apenas uma vez e sim duas.

Neste ano é comemorado o aniversário de 50 anos da segunda vez que Laver fechou o Slam, em uma conquista alcançada com o título do US Open. Por isso, a lenda do tênis australiano será homenageada neste primeiro dia de competições em Nova York em uma cerimônia marcada para a rodada noturna do Arthur Ashe Stadium.

“É um feito incrível, não há dúvidas sobre isso. Não é apenas uma questão do que ele conseguiu fazer, mas como carrega isso através das gerações. Acho muito legal reconhecermos o que fizeram esses grandes jogadores que nos inspiraram tanto”, declarou o suíço Roger Federer, que fechará o dia no palco principal do US Open contra o quali indiano Sumit Nagal.

Federer foi um dos que mais se aproximou do feito de Laver, conquistando três dos quatro Grand Slam em um mesmo ano (2004, 2006 e 2007). Seu algoz nas finais de Roland Garros em 2006 e 2007, o espanhol Rafael Nadal ficou perto em 2010, quando só não venceu o Australian Open. O sérvio Novak Djokovic também bateu na trave, ficando a um título do feito em 2011 e 2015.

Além de fechar o Grand Slam em 1969, Laver também já havia conseguido o mesmo em 1962. O australiano é o sexto maior vencedor neste nível com 11 títulos, mas ficou sem jogar os Slam entre 1963 e 1967 por ter deixado o amadorismo. Com o fim do embargo aos profissionais e o início da Era Aberta, ele voltou a competir nos quatro principais eventos do tênis mundial em 1968.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series