Notícias | Dia a dia | US Open
Barty leva susto, mas escapa da derrota na estreia
26/08/2019 às 15h16

Nova York (EUA) - Uma das quatro concorrentes ao posto de número 1 do mundo depois do US Open, a australiana Ahsleigh Barty levou um enorme susto em sua estreia em Flushing Meadows nesta segunda-feira. Ela por pouco não tomou um ‘pneu’ no primeiro set frente à cazaque Zarina Diyas, mas depois se recuperou e venceu com parciais de 1/6, 6/3 e 6/2.

Segunda pré-classificada na competição, a australiana espera agora pela vencedora da partida envolvendo Johanna Larsson, atual 171 do mundo, e Lauren Davis, 73ª colocada no ranking da WTA. Barty nunca mediu forças com a sueca e levou a melhor sobre a norte-americana na única vez que se cruzaram, cinco anos atrás em Acapulco.

Outra que também briga pela ponta da WTA, a tcheca Karolina Pliskova não teve moleza na estreia, mas conseguiu fazer valer a condição de terceira mais bem cotada e passou sem perder sets, derrubando a compatriota Tereza Martincova, vinda do qualificatório, em dois tiebreaks, com placar final de 7/6 (8-6) e 7/6 (7-3).

Pliskova já sabe quem terá pela frente no Grand Slam norte-americano. Sua próxima adversária será a georgiana Mariam Bolkvadze, mais uma que entrou na chave principal após passar pela fase classificatória e que manteve o embalo derrubando a atleta da casa Bernarda Pera por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 5/7 e 6/4.

A letã Anastasija Sevastova foi mais uma favorita que seguiu adiante. A 12ª pré-classificada impôs uma nova derrota à canadense Eugenie Bouchard, que não vence uma pelo circuito desde fevereiro, anotando duplo 6/3. Na segunda rodada, ela irá duelar com a vencedora do confronto entre a polonesa Iga Swiatek e a sérvia Ivana Jorovic.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series