Notícias | Dia a dia | US Open
Serena arrasa e marca 20ª vitória contra Sharapova
26/08/2019 às 21h49

Serena está há 15 anos sem perder para Sharapova no circuito

Foto: Divulgação

Nova York (EUA) - Ciente de que sua partida de estreia no US Open não era uma primeira rodada convencional, Serena Williams jogou seu melhor tênis desde o princípio e iniciou a busca por mais um título do US Open com uma grande vitória sobre Maria Sharapova. A norte-americana superou a russa por duplo 6/1 em apenas 58 minutos de partida. Foi o jogo mais rápido no longo histórico de confrontos entre elas.

Vencedora de 23 títulos de Grand Slam, Serena precisa de apenas mais um título para igualar as 24 conquistas da australiana Margaret Court, maior vencedora em todos os tempos. A veterana de 37 anos também tem seis títulos no US Open e divide o recorde com Chris Evert.

A vitória desta segunda-feira foi a vigésima de Serena em 22 confrontos contra Sharapova. Além disso, a norte-americana já acumula 19 triunfos consecutivos diante da russa. A última vez que Sharapova venceu foi no WTA Finals de 2004 e sua outra vitória foi na final de Wimbledon no mesmo ano. Em sets, Serena já venceu 41 e perdeu apenas sete, o último em 2013. Desde então são oito vitórias em sets diretos para Serena.

Este foi o primeiro jogo que Serena disputou no circuito desde a desistência na final de Toronto, há quinze dias, por conta de lesão nas costas. A partida também marcou a volta da norte-americana ao Arthur Ashe Stadium depois de perder a final do ano passado para a japonesa Naomi Osaka. A atual número 8 do mundo, agora terá um duelo de gerações do tênis americano contra a jovem de 17 anos e 111ª colocada Catherine Mcnally, que fez 6/4 e 6/1 contra a suíça Timea Bacsinszky.

Por sua vez, Sharapova aparece atualmente apenas no 87ª lugar do ranking da WTA. Ela operou o ombro em fevereiro e ficou quase cinco meses sem jogar e tem apenas oito vitórias na temporada. Como defendia 240 pontos no US Open, por ter chegado às oitavas de final na temporada passada, a jogadora de 32 anos e campeã do US Open em 2006 corre o risco até de sair do top 100 do ranking mundial.

Desde os primeiros games, Serena demontrou estar extremamente focada ao não dar tantos pontos de graça para sua adversária. Já Sharapova tentou arriscar ao máximo nas devoluções, mas era muito dependente do primeiro serviço em quadra. Não demorou muito para que a norte-americana conseguisse uma quebra logo no quarto game e já abrisse 3/1. Em vantagem no placar, Serena ganhou confiança e distribuía o jogo do fundo de quadra, mandando na maioria dos pontos e conseguiu mais uma quebra para definir a parcial. No fim do set, Serena liderava nos winners por 10 a 3 e tinha apenas três erros contra nove da rival.

Com o tempo, Serena passou também a encontrar as melhores posições para devolver o primeiro saque de Sharapova e o jogo ficou ainda mais tranquilo, anotando uma nova quebra logo de cara no segundo set. Sharapova chegou a criar alguns break points, quase sempre graças a devoluções profundas, mas Serena sempre fechava a porta disparando ótimos saques. Dominante, Serena conseguiu sua quarta quebra na partida e definiu o placar. A hexacampeã fez 16 a 6 em winners e cometeu apenas 12 erros contra 20 de Sharapova.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series