Notícias | Dia a dia | US Open
Tipsarevic: 'Cansaço mostra que é hora de parar'
27/08/2019 às 09h42

Nova York (EUA) - Aos 35 anos de idade, o sérvio Janko Tipsarevic fez nesta segunda-feira sua última partida da carreira no US Open. Com a aposentadoria marcada para o fim da temporada, encerrando sua jornada no tênis profissional na Copa Davis, ele foi superado pelo norte-americano Denis Kudla de virada, com parciais de 3/6, 6/1, 7/6 (7-5) e 6/1.

“Minha grande virtude sempre foi a energia que tinha em quadra esmagando fisicamente os rivais, um estilo semelhante ao de (David) Ferrer. Mas hoje eu senti claramente que a fadiga foi decisiva para a derrota, algo que só confirma que chegou a hora de parar”, declarou Tipsarevic, que atualmente ocupa a modesta 260ª colocação no ranking, mas que já foi top 10.

“Tenho remado contra a maré há anos e meu corpo já não me deixa mais feliz jogando tênis. Esta batalha para voltar tem sido grande e apesar de infrutífera me fez ver que eu amo este esporte”, complementou o veterano sérvio, que pretende seguir muito próximo do tênis quando se aposentar do circuito, tocando uma franquia de academias.

Apesar de reconhecer não ter conseguido dar a volta por cima na volta após a série de lesões que enfrentou, o sérvio garante que não poderia ter escolhido outro caminho. “Eu nunca teria me perdoado por não tentar. Eu estou em paz comigo mesmo”, finalizou Tipsarevic, que conquistou quatro títulos como profissional.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series