Notícias | Dia a dia | US Open
Zverev vence batalha de 5 sets, Thiem cai na estreia
27/08/2019 às 19h34

Zverev tem ótimo aproveitamento em jogos de cinco sets na temporada

Foto: Divulgação

Nova York (EUA) - Como tem sido frequente nas primeiras rodadas de Grand Slam nos últimos anos, Alexander Zverev precisou mais uma vez de cinco sets para superar uma estreia. Mesmo depois de fazer um bom começo de partida, o alemão teve que ficar em quadra por 3h10 para vencer o moldavo Radu Albot, 41º do ranking, por 6/1, 6/3, 3/6, 4/6 e 6/2.

Apesar de ter apenas 22 anos, Zverev já faz sua quinta participação no US Open. A melhor campanha foi no ano passado, quando ele parou ainda na terceira rodada. O atual número 6 do mundo chegou às quartas de final de Roland Garros nos últimos dois anos e tem campanhas até as oitavas na Austrália e em Wimbledon.

Atual campeão do ATP Finals e dono de onze títulos no circuito, incluindo três Masters 1000, Zverev acumula 31 vitórias na temporada e só venceu um torneio, no saibro de Genebra. O jovem jogador alemão agora espera pelo vencedor entre o croata Ivo Karlovic e o norte-americano Frances Tiafoe.

Mesmo passando muito tempo em quadra, Zverev tem a comemorar seu bom desempenho em partidas de cinco sets. Ele venceu todos os quatro jogos definidos na quinta parcial que fez em 2019. Além disso, acumula 12 vitórias e apenas seis derrotas em partidas com tais condições.

Outro top 10 em quadra na tarde desta terça-feira foi Dominic Thiem. O número 4 do mundo não teve a mesma sorte de Zverev e foi eliminado ainda na estreia pelo italiano de 30 anos e 87º colocado Thomas Fabbiano por 6/4, 3/6, 6/3 e 6/2. Fabbiano marcou sua segunda vitória contra top 10 na temporada e na carreira, já que eliminou Stefanos Tsitsipas em Wimbledon, e agora enfrenta o cazaque Alexander Bublik.

Thiem teve a preparação para o US Open comprometida, já que ficou doente às vésperas do Masters 1000 de Cincinnati e não disputou o último torneio antes do Grand Slam norte-americano. Dessa forma, atuou apenas em Montréal, onde chegou às quartas. O austríaco de 25 anos até reduziu sua carga de treinamentos antes do US Open e já não tinha grandes expectativas para o torneio.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series